O Natal!

O Natal para mim é um tempo de muita graça, pois não só lembramos e comemoramos o nascimento de Jesus, mas também porque este fato realmente acontece em nossos corações, de forma que podemos até sentir, a paz, a alegria, a tranqüilidade, o amor que vem do próprio Deus.

Nosso coração mediante a tal graça, precisa ser, portanto, uma manjedoura para que possamos acolher o menino Deus, não só nesta data festiva, mas sim em todos os dia de nossas vida, em todos os momentos, pois precisamos de Deus para tudo, não é verdade? Assim já nos ensina a palavra de Deus que nos diz que sem Deus nada podemos fazer.

Devemos aproveitar desta graça interior que recebemos neste dia em especial, para darmos passos em nossa conversão pessoal e, em nosso processo de santificação, fazendo com que este amor que renasceu, reascendeu em nós, não fique apenas limitado a um simples sentimento, mas sim que se traduza em atos concretos, como o pedir e dar o perdão a quem precisa, praticar obras de caridade e misericórdia, buscar viver a união com os irmãos, principalmente com os membros de nossa família, perseverar em nossas orações, enfim são inúmeras coisas que podemos fazer para que este amor se encarne, ganhe vida, assim como fez Maria ao recebê-lo em seu ventre materno e, trazendo o amor (Deus) ao mundo.

Certamente, este é o melhor presente que podemos dar a Deus neste Natal, pois quando amamos, não só alegramos o coração de Deus, mas também cumprimos todos os mandamentos da lei que se resume em Amar a Deus sobre todas as coisas e o próximo como a ti mesmo.

Amemo-nos uns aos outros, porque Deus é amor.

Feliz Natal a todos…

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.