Novelas: ver ou não ver?

“Deus nos quer livres. Jesus veio para nos libertar. O homem é senhor das suas escolhas”.

Não podemos permitir que nada nos escravize. O dicionário diz que alienação é passar a outro a posse do que nos pertence. Se formos sinceros vamos concluir que, em questão de televisão, podemos viver muito facilmente uma alienação: não estamos sendo os comandantes; passamos o comando à televisão.

Estamos sendo comandados, teleguiados e até escravizados. Não somos senhores do nosso tempo, das nossas energias, faculdades e sentidos: entregamos tudo isso, gratuitamente, às mãos da televisão. Somos dominados; e não Filhos de Deus, livres. É bem capaz que você já esteja pensando que estou exagerando, que estou sendo radical, reduzindo tudo à televisão. Não estou! Tenho a certeza que não estou! Pelo positivo que vou lhe apresentar agora você vai perceber que não estou.

A televisão é um meio e é assim que ela deve ser usada. Veja bem: usada. O instrumento e o meio é ela. Nós precisamos ser os senhores. Devemos ser livres diante dela. Ela é, e só deve ser um instrumento a nosso serviço; a serviço da nossa formação, do nosso amadurecimento como pessoas que são filhas de Deus. A serviço daquilo que somos: homens e mulheres de Deus.

Portanto, nunca alienados. Digo isso porque temos que ter discernimento diante das novelas que assistimos. Precisamos nos questionar: Em que as novelas têm colaborado na formação do homem novo da mulher nova que está dentro de mim? Que valores as novelas têm passado para nossas famílias? Qual a influência que ela tem deixado em nós?

Quando era mais jovem fui viciada em ver novelas. Tornei-me uma adolescente triste e com a cabeça cheia de fantasias. Minha imaginação queria transformar em realidade o que assistia nas novelas. Tornei-me frustrada e infeliz. A vida real não era igual às novelas. Só depois que comecei a fazer as escolhas certas é que tomei consciência de que eu era comandada pelas novelas.

Os atores das novelas representam bem: são verdadeiros artistas. A atuação deles é impressionante. A nossa técnica no Brasil é muito mais avançada: certamente das melhores do mundo. O enredo e a trama das novelas são muito bem “bolados”. Atraem, prendem e seguram. Mas não podemos ser ingênuos em não querer ver que o conteúdo de muitíssimas novelas é nocivo. Além daquilo que se mostra, há toda uma intenção que não se mostra, mas que é real.

Não podemos ser ingênuos, e então sermos inconseqüentes. Novela não tem mais lugar na minha vida!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.