No serviço da Igreja

Como não responder com alegria ao chamado do Senhor?
O amor é o testemunho por excelência que abre a esperança. O serviço aos irmãos transfigura a existência, pois manifesta que a esperança e a vida fraterna são mais fortes que toda tentação de desespero. O amor pode triunfar em qualquer circunstância.

Desconcertado pelo humilde gesto de Jesus, Pedro lhe diz: “Senhor, tu lavares os meus pés? Jamais!” (Jo 13, 6.8). Somente quem acolhe o amor que Deus lhe dá é que pode, por sua vez, amar. Pedro permitiu que o Senhor lhe lavasse os pés. Experimentou o amor de seu Senhor e depois o compreendeu.

Queridos jovens, fazei a experiência do amor de Cristo: sereis conscientes do que Ele tem feito por vós e então o compreendereis. Somente aquele que vive a intimidade com Cristo é capaz de entender este mistério.

É o momento de perguntar-vos, como seguir a Cristo com uma tal doação como a do Senhor, quem se faz servo.
A disponibilidade e o desprendimento são as atitudes fundamentais de quem deseja fazer a vontade de Deus.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.