Natal: semear o Amor ecolher a paz

Esta música de Natal saiu num momento de gratidão a Deus e aos irmãos:
“Glória a Deus os anjos cantam,
Sobre a gruta de Belém.
Paz na terra, hoje repetem,
Sobre o nosso lar também.
Paz na terra aos homens de bem.
Ao rico, ao pobre, ao doente, ao são.
Paz, presente menino Deus,
Na noite de Natal…”

Conta-nos Pe. Jonas que, quando seminarista, no dia de seu aniversário, 21 de dezembro, de manhãzinha, ainda no dormitório, seus colegas o surpreenderam com pétalas de flores e música de parabéns. Este gesto tão fraterno de seus irmãos seminaristas tocou-o de tal maneira que brotou, espontaneamente, a letra e a música desta canção, com a qual, agora, depois de tantos anos, ele está inaugurando o nosso estúdio de gravação e presenteia-nos com ela neste Natal, quando lançamos o nosso lema para 2002: Canção Nova, Semeando a Paz!

O bem semeado gera frutos de alegria e paz. A manifestação espontânea de amizade dos rapazes desencadeou nele sentimentos de gratidão, ao ponto de imediatamente brotar do seu coração a inspiração de compor esta música. Da mesma forma, acontece conosco nesta via de mão dupla: semear o amor para colher a paz.

No tempo em que estamos, tudo nos leva à solidariedade; gestos concretos de amor e amizade. O Emanuel, “o Deus conosco”, não é apenas presente no meio de nós, mas nos foi dado de “presente”, para estar conosco, fazendo parte da nossa vida, do nosso cotidiano, nas nossas alegrias e tristezas, nos nossos trabalhos e descansos, em nossa vida inteira; pois: “O Poder de governar está nos seus ombros. Seu nome será maravilhoso Conselheiro, Deus forte, Pai para sempre, Príncipe da Paz!” (Is 9,5)

É Ele, Jesus, que nos ama, nos salva, nos converte o coração, nos dá vida nova. É Ele que nos conduz, nos governa, nos aconselha, nos dá a Sua paz. É Ele que se encontra em cada pessoa que acolhemos, amamos e servimos. É o Emanuel, o Deus conosco, que nos ensina a semearmos a paz desde já.

Jesus nos inspira a realizar gestos concretos de esperança e caridade, como por exemplo: enviar mensagens de Natal às pessoas que, de alguma forma, nos prestam serviço; fazer visitas às pessoas solitárias ou doentes. Uma boa sugestão que eu aprendi é ter em mãos balas, doces, frutas com um cartãozinho de Feliz Natal. Este poderá ser o único que estas pessoas receberão.

O Senhor nos dá criatividade. Prepare alguma coisa para você ter em mãos na hora que se deparar com uma criança carente, que não tenha a alegria de um gesto gratuito como o seu. O fato que ouvi, contado pelo Pe. Jonas, nos mostrou que a sua alegria partiu de iniciativas simples, mas generosas. Há tanta coisa a fazer neste mundo tão necessitado da manifestação do amor dos filhos de Deus, que somos nós! Há tantas formas de semear a paz e a alegria nos corações cansados da dureza desta vida! Como “Deus ama quem dá com alegria”, e como o amor de Deus foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo, deixemo-nos usar por Ele neste tempo de Natal, semeando a Paz!

Agradeço-lhe profundamente por tudo que fez pela Canção Nova neste ano! Deus lhe pague. Um Feliz e Santo Natal!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.