Minha vocação...

Jovem carioca filha de Alemão e Italiano, bonita cheia de ideal e sonhos.
Contando um pouco da minha vocação digo que, mais que falar de mim, desejo falar de Quem foi conduzindo minha vida, minha vocação de ser serviço para os demais.

Fui aluna em um de nossos colégios e fazíamos retiros de alguns dias e recebíamos orientações de como conduzir nossa vida estando em casa nos finais de tarde entre os familiares e amigos.
Em um desses dias veio a pergunta: como dedicar minha vida ao serviço de Jesus e seu Reino? Essa foi uma pergunta que fui trabalhando em minha interioridade de modo que alguns anos depois já queria apaixonadamente viver essa proposta.

O caminho foi se concretizando com as etapas de formação e sob o “Selo” dessa proposta. Diante de cada desafio, de cada oportunidade, que a Vida em seu imenso mistério de amor me traz: vivo com intensidade com amor esta grandeza da vocação que é dom e graça.

O mais bonito deste trajeto de mais de trinta anos, vem sendo a maneira como a Trindade vem conduzindo nos tempos cronológicos da minha vida os espaços “kairológicos” de infinito encontros com a Graça.

Poder ir compreendendo seus desígnios de Amor, que se concretiza no servir, superando qualquer tendência de interesses da natureza egocêntrica de nossa vida humana. Aprender a viver e conviver, acolher e oferecer as ajudas de superar os obstáculos, fazendo deles somente, ocasião para criar resistência, vencer as tendências e inclinações inferiores, é real em minha vida.

Hoje, vivendo esta missão de ser para os outros em um serviço que chamo de itinerante, de pregar retiros em países da América Latina e prestando de coração o acompanhamento espiritual aos que posso no tempo que ainda disponho, é como venho realizando a missão que Jesus me pede.

Dou um tempo de aulas na PUC –RJ e me sinto sustentada no Amor Fiel de Deus Pai de nunca deixar passar as oportunidades de celebrar o grandioso prazer de viver na dinâmica do Espírito que nos acolhe a todos.
Se perguntam se sou feliz digo que sim e defino como: felicidade consiste em se determinar ajudando outros a descobrir seu próprio caminho de felicidade, e assim viver gratidão por tão grande amor recebido.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.