Minha misericórdia

Qualquer coisa que pedimos recebemos dele, porque guardamos os seus mandamentos e fazemos o que é do seu agrado (1JO 3,22). Todos os dias nos encontramos diante de situações, de problemas que nos assaltam pedindo soluções. Na maioria das vezes nos voltamos para Deus, para que Ele nos ajude a resolvê-las. São João nos diz, que podemos nos dirigir a Jesus pedindo qualquer coisa. Com efeito ele diz: ‘Qualquer coisa que pedimos recebemos dele. Qualquer coisa que pedirmos a Jesus, dele iremos receber‘. São João enumera duas condições para que Jesus atenda aos nossos pedidos.

a) Porque guardamos os seus mandamentos: isto é, é preciso guardar os mandamentos de Deus para ele atender aos nossos pedidos,
b) e fazemos o que é do seu agrado: e fazermos as coisas do seu agrado. Seguindo o pensamento de São João, Jesus Misericordioso nos diz que além das duas condições para que Ele atenda os nossos pedidos. Estas duas condições podem ser encontradas nas seguintes passagens do Diário de Santa Faustina:

1) “As graças da minha misericórdia, se colhem com o único vaso que é a confiança. quanto mais a alma confiar, tanto mais receberᔠ(D. 1574). Ele nos diz que se a alma confiar muito, receberá muito. Se confiar pouco, receberá pouco. Mas ele vai além, nos formando, abrindo nossos olhos mostrando que se nos mostramos agradecidos para com Ele, pela menor graça que Ele nos concede conseguiremos receber novas graças:

2) “Sê grata – disse Jesus à Santa Faustina – pela menor graça minha, porque essa gratidão me obriga a conceder-te novas graças…” (D. 1701). Isto é confirmado por outra passagem onde Jesus diz: “tua grande confiança em mim, me obriga a conceder-te graças sem cessar” (D. 718). Jesus desta forma nos diz, que a porta que devemos abrir para receber novas graças, além da confiança nele, é a porta da gratidão. Se formos agradecidos sempre para com Ele, confiando ilimitadamente na sua bondade, nós o obrigaremos suave e amavelmente a nos conceder novas graças. Procuremos cultivar um espírito de profunda gratidão para com Deus e seremos os maiores beneficiados.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.