Livre para amar de verdade

A palavra “amor” está em todos os lugares: TV, rádio, outdoor, camisetas, canções, filmes, desenhos, propagandas… o mundo vive em torno de um “amor”. Em nome dele, fazem loucuras: jogam bombas, roubam, abortam, matam, violentam…

Que amor é este que rege tantas pessoas, que andam cegamente em direções suicidas? Esse amor que hoje está na sociedade é, na verdade, o “amor egoísta”.

Onde tudo gira em torno de si, dos meus interesses, dos meus prazeres, meus bens, minha vontade, vive em torno do “eu”. Não existe o verdadeiro amor sem uma entrega. Se não fosse assim, Jesus não teria se entregado de maneira total por amor a nós. Tudo que tem o nome “AMOR”, sem uma entrega, é na verdade, egoísmo fantasiado de amor. Cuidado, ele está solto e já pegou a muitos.

Essa entrega de amor é uma entrega de si e não somente do corpo, ou bens. Uma prostituta se entrega provida pelo amor? Não! Quem procura uma prostituta, é por amor que a procura? Não! Entregar o corpo é fácil, tem o instinto, o prazer, atração…

Hoje existe um espírito maligno de confusão, nos nossos conceitos e palavras. Em relação ao sexo, a entrega física de um casal, unido pelo sacramento do matrimônio, quantas vezes ouvimos dizer: “Vamos fazer amor; fizemos amor…” Amor não se faz! Amor se tem, se conquista. A pessoa pode fazer prazer, mas nunca amor.

O amor é a entrega de si, do tempo, da história, das vontades, dos sonhos, das limitações, manias; é fazer de si um dom, uma oferta ao outro.

Citamos o casamento, mas não existe qualquer relacionamento profundo sem a doação, a entrega, é preciso desmascarar o egoísmo, que está em nós, é preciso lutar, combatê-lo e, a arma contra esse vilão é o amor; ame. Ame quando você está querendo ser amado; ame quando sofre; ame na pobreza; ame na doença; ame chorando; ame sorrindo; ame em todas as circunstâncias, sem nada esperar. Só o amor pode nos libertar do egoísmo!

“Revesti-vos do amor que é o vínculo da perfeição”. (Col 3, 14)

Quem são as pessoas que você ama? Você faz da sua vida um dom, uma oferta para elas? Seja livre para amar, não tenha medo, você é capaz; acima dos seus limites, acima dos traumas, das experiências negativas, está a sua capacidade de amar. Você tem amor para dar, você tem vida e, quem tem vida tem amor.

Seja bem-vindo ao lindo caminho, de sair do egoísmo para o amor. “O que nos cura é o amor que damos e não o que recebemos”.

Você pode amar, você foi feito para amar. Ame, ame…

Jesus, o Homem da entrega total, mas, muito mais o Homem do amor, estará contigo. “Jesus, ensina-me a amar como Tu amas”.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.