Imagem do Amor

O amor torna as pessoas felizes, o desamor ou falta de amor, tira dos seres humanos a felicidade. A felicidade não é possível sem uma profunda experiência de amor.

‘Deus é amor’ (1Jo 4,16), nos diz o apóstolo São João. Sua essência pessoal é o amor. Nós, criados à imagem e semelhança d’Ele, somos introduzidos na sua mesma vida e em sua essência, dando à nossa existência a possibilidade de viver sendo amor. Nisso descobrimos que esse amor é verdadeiro sem reservas, porque Deus não poupou o seu próprio Filho, entregou-O por nós para que tivéssemos a vida e vida em abundância.

É de muita sabedoria cultivar o amor e oferecê-lo. É um dinamismo de maturidade, mas deve começar em cada um, sem esperar que os outros comecem antes que nós.

Nossa vocação originária é viver o amor e ser amor. Nosso amor deve projetar e ser criativo, transformar todas as realidades, iluminar tudo. Devemos chegar a ser aliança, revelação, misericórdia de nosso Deus, testemunhas de um mistério que nos sobrepassa pela suas dimensões.

Seria um caminho de felicidade certa poder repetir com o autor do Cântico dos Cânticos: ‘O amor é forte como a morte. As águas das torrentes jamais poderão apagar o amor, nem os rios afogá-lo’.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.