Gratidão...

Dizer obrigado, além de ser um gesto de boa educação, é um verdadeiro ato de amor.
É dizer ao outro que a gente o considera uma pessoa importante para nós.

‘OBRIGADA!’

‘Um dia, saí pelas ruas de Calcutá à procura de doentes e moribundos. Em quatro horas, encontramos 40 pessoas em péssimas condições. Entre elas havia uma mulher muito doente, sem esperanças de sobreviver. Estava enrolada num cobertor sujo, agonizando.

Ajoelhei. Peguei na mão dela e comecei a acariciar seu rosto, pálido e magro. Ela sorriu e com grande carinho me disse: ‘Obrigada!’
Depois de alguns instantes, morreu.

Fiquei boquiaberta. Aquela mulher, mesmo naquelas condições desesperadora, estava muito mais preocupada em dar do que em receber…

Comecei a pensar naquilo que eu teria feito em seu lugar. Com certeza teria começado a gritar, a pedir socorro, a implorar a presença de um médico, de alguém que pudesse me ajudar… Que gesto bonito ela teve…

Com aquele ‘obrigada’, descuidou de si para cuidar de mim.
Ela se preocupou comigo mais do que eu com ela’.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.