Glória seja dada a Deus em tudo

Doutor da Igreja, Boca de Ouro, Alma de Anjo e Coração de Pai, é o Santo que celebramos neste dia, São João Crisóstomo. João nasceu de família distinta, em Antioquia no ano 348. Depois da morte do pai, sua jovem mãe tratou de providenciar os melhores professores deste amado menino.

João nasceu com alma monástica, tanto que por duas vezes passou anos no silêncio do deserto; por causa da precária saúde voltou da vivência religiosa mais retirada e em Antioquia foi ordenado sacerdote. Famoso devido seu dom de comunicar a Palavra de Deus, Crisóstomo não demorou à abraçar a cruz do governo pastoral da diocese de Constantinopla, já que o imperador fez de tudo para isto. Ao perceber a má formação do clero, entregue a ambição e avareza, o santo começou a exigir vida de pobreza e simplicidade evangélica daqueles que precisavam, e precisam ser exemplo para o rebanho.

Devido os naturais atritos com o clero, e fervorosas pregações contra o luxo e imoralidades da vida social, São João teve problema com a imperatriz Eudóxia, que começou o movimento causador dos seus dois exílios, sendo que no último, os sofrimentos da longa viagem e os maus tratos foram mortais! Amado pelo povo e respeitado por todos, São João Crisóstomo que morreu em 407 deixou, além do belo testemunho dos dez anos de pontificado, suas últimas palavras as quais resumiram sua vida: “Glória seja dada a Deus em tudo!”.

São João Crisóstomo… rogai por nós!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.