Eu Creio no Amor

Olá! Estou aqui hoje para testemunhar a você a força do amor, o poder que o amor tem de restaurar, ressuscitar e renovar os nossos corações e nossas vidas.

Hoje vivo um dos maiores desafios da minha vida, o desafio de ser fiel ao amor. Ao amor de Deus, ao amor dos meus irmãos, ao amor daqueles que estão ao meu lado me apoiando, mas também daqueles que as vezes não me conhecem e por isso não me amam.

‘Amar’, esta palavra tem me acompanhado desde o momento que fui gerado no ventre da minha mãe, fui gerado no amor e para o amor, e hoje sei o quanto Deus quer que eu ame e também me deixe ser amado, mas vamos a minha vida…

Tenho 23 anos, nasci em Vitória-ES e hoje moro em Cachoeira Paulista-SP na Comunidade Canção Nova.

Há exatamente 5 anos e 7 meses atrás (12 de novembro 1997 às 22h mais ou menos) comecei a namorar a Kelly (nos conhecemos em um Maranathá), naquela noite partilhávamos nossas vidas e víamos o quanto éramos feitos um para o outro e sentíamos que Deus estava ali conosco, Ele assumiu junto conosco aquele compromisso de amor, o que sentia por ela era diferente de qualquer outra coisa, era amor, amor verdadeiro, aquele que você só sente quando encontra a pessoa que Deus designou para você.

Assumíamos naquele dia o propósito de um namoro com Deus um namoro santo.

O tempo se passava e a cada dia via que era ela realmente a pessoa que Deus queria para mim, nosso relacionamento foi acontecendo e com isso vieram as intimidades, vivemos muitas coisas erradas por ignorância e porque também não estávamos mais firmes como no começo nas nossas orações, sofremos muito para sermos fiéis a vontade de Deus.

Ah! Esqueci de uma coisa quando conheci a Kelly, eu já sentia no meu coração vontade de fazer caminho para ingressar na comunidade Canção Nova, pedi então a Deus que se fosse da vontade Dele que eu a namorasse que a vocação a Canção Nova já estivesse também no coração dela, mesmo que ela ainda não soubesse disso.

E foi isso que aconteceu covidei-a para fazer o caminho, retomamos nossa vida de oração, mais não era hora então recebemos um espere (termo usado quando a comunidade vê que você ainda não esta pronto para ingressar na mesma).

Aceitamos e continuamos nossas vidas, mas víamos que Deus iria fazer algo.

Vivemos muitas coisas juntos, pensávamos já em nossa família como seria, fomos chamados então a retomar o caminho, mas não me sentia pronto ainda naquele ano e continuamos, lutávamos para ser fieis a Deus, mas as vezes caíamos, isso doía muito, pois já tínhamos mais consciência de que feríamos o coração de Deus vivendo no pecado.

Decidimos então marcar nosso noivado, mas estávamos na realidade tentando fujir daquilo que estávamos vivendo, era nossa única saída, mas eu sabia que Deus olhava por nós. A todo momento Ele estava ali, até mesmo nos momentos que pecávamos Deus olhava por nós.
Foi então que pedi a Deus que se fosse da vontade Dele que morássemos realmente em comunidade que a iniciativa de retomar o caminho partisse da Kelly, e foi o que aconteceu… no Acampamento do de Cura e Libertação com Pe. Rufus ela sentia que devíamos retomar o nosso caminho, pois via que nosso lugar era na Canção Nova, isso alegrou muito o meu coração. Abrimos mão do nosso noivado e retomamos nosso caminho, foi um tempo difícil, esperamos 5 meses para voltar a fazer os encontros, ali começava o ‘desafio a santidade’, o ‘desafio ao amor’.

Fizemos os encontros e víamos que aquela era a hora, devíamos assumir juntos o desafio, seria difícil, mas valeria a pena abrirmos mão de estar perto um do outro, de ter o contato normal de um namoro para fazer a vontade de Deus.

Sofremos muito, lutamos muito e hoje estamos aqui vivendo em comunidade. E você pensa que tudo agora é mais fácil? Não. Os desafios são maiores os sofrimentos muito maiores, mas hoje ‘não caminhamos mais sozinhos, caminhamos com Deus’.

Decidimos viver este tempo com Deus, Ele nunca deixou de nos acompanhar, mas às vezes nós o deixávamos de lado, hoje não, nosso sustento é Deus.

Estamos vivendo já há quase 2 anos este tempo, somos namorados, mas vivemos um tempo de espera, hoje investimos na nossa formação e restauração. Deus nos tem restaurado e formado para um matrimônio Nele, Deus quer que formemos uma ‘família santa’ e hoje essa é a nossa única meta. ‘Ser Santos! Ou santos ou nada!’

Hoje eu assumi o PHN, é uma luta constante para não pecar no olhar, nos gestos, nas palavras, mas com a graça de Deus estamos conseguindo, o amor dos irmãos é muito importante neste processo a partilha e a transparência também.

Aprenda a amar a misericórdia de Deus e você conseguira se livrar da sua vida de pecado!

Tenha fé,acredite no amor, acredite no amor de Deus para com você, Deus te ama meu irmão, Deus te ama minha irmã!!! Você é amado por Deus, Deus te deu vida para que você ame, amemo-nos uns aos outros, pois o amor vem de Deus!

O amor tudo crê, tudo suporta, tudo espera, o amor nunca acabará!!!

Queira fazer a vontade de Deus! E a vontade Dele hoje é que você ame!

Termino por aqui minha partilha com você, espero que possa ter te ajudado com a minha historia que ainda não esta acabada esta apenas no começo, o melhor ainda esta por vir, eu creio nisso, creia você também, acredite sempre no dia de amanhã, ele pode ser melhor, basta que você ame e deixe-se ser amado. Seja fiel ao amor de Deus, pois Ele foi e sempre será fiel a você.

Hoje posso dizer que até mesmo sem te conhecer eu Te amo! Pois somos irmãos, fomos gerados para amar, nunca se esqueça disto.

Kelly o Amor Vencerá!!! Eu te amo!!!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.