Esperar... viver no escuro

Como é difícil esperar… Meu Deus, como a alma dentro de nós, grita, esperneia, chora, por querer logo aquilo que se espera.

É difícil, para a nossa humanidade, ter de esperar, ainda mais quando andamos no escuro. Não se vê nem mesmo resquícios daquilo que se espera! É um andar no escuro, como um cego na estrada, mas confiante de que uma mão o guia, ampara, consola, reanima. Esta mão é a Divina Providência de Deus, que rege todas as coisas.

É preciso a cada dia fazer este exercício de fé, de que Deus rege a nossa vida, de que todos os acontecimentos da nossa vida se fazem com a permissão Dele e que Ele não deixa nada acontecer conosco se isso não for do Seu agrado.

Precisamos crer que Deus tem o melhor para mim; mesmo que hoje, você enxergue somente no meio da dor, do desespero ou da provação, pois na hora da provação, não conseguimos ver mais nada a não ser a dor do sofrimento. Então, é nessa hora em que precisamos levantar a cabeça, continuar a caminhar como aquele cego, saber que mesmo em meio à prova que Ele permite que vivamos, Ele está nos conduzindo e, somente depois colheremos os frutos da provação.

Hoje, mesmo que seja duro e difícil, olhe para frente, creia que você não está só, mesmo que você se sinta abandonado. Creia que são nesses momentos especiais que Deus está ao seu lado, mas é você quem não consegue enxergá-lo. Nesses momentos é que precisamos enxergar com os olhos da fé, caminhar como cego na estrada, viver na fé, caminhar na fé.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.