Entendendo o sofrimento

Nem a ciência, nem os homens, nem a tecnologia, nada consegue explicar porque o ser humano sofre. E muito menos conseguem tirar um bem maior deste. Entender o sofrimento e até mesmo enxergar todo o bem que ele nos traz só pode acontecer sob a ação de Deus que com a Sua sabedoria, extrapola a nossa razão um tanto incorformada com os sofrimentos que vivemos.

Devido a desobediência humana, que foi cometida livremente e conscientemente, o sofrimento entrou na terra. E até o momento da manifestação de Jesus nesta Terra com sua encarnação, o sofrimento poderia ser deturpado e visto somente de forma negativa, como se fosse um castigo de Deus. Mas a partir de Jesus, começamos a abrir os horizontes e enxergar o sofrimento como uma das mais belas vias de santificação!

Jesus é perfeito, não cometeu nenhuma transgressão, nunca desobedeceu ao Pai e jamais pecou! Ele é o Filho de Deus. Mas para nos salvar e libertar de toda morte, sofreu humilhações, injustiças, blasfêmias, injúrias, enfim, sofreu até a morte e morte de Cruz! A partir desse fato, dessa entrega total de Jesus ao sofrimento em nosso lugar, deixamos para trás a visão egoísta do sofrimento que nos levava a olhar para nós mesmos e nos sentirmos a pior das criaturas, a menos amada.

O sofrimento antes de tudo é uma doação, uma entrega de amor em favor do outro. Jesus não sofreu para si mesmo; ele sofreu por nós, em nosso favor. Em nenhum momento Jesus ficou olhando para si mesmo e se sentindo castigado pelo Pai. Não! Ele tinha plena consciência que o seu sofrimento estava sendo transformado em amor para os outros. Jesus passava pelo sofrimento e toda aquela dor ia se transformando em Amor, Amor que até os dias de hoje nos seduz e nos leva a entregar toda a nossa vida a Ele.

Todos nós passamos por sofrimentos e situações por vezes muito dolorosas. Daí nós temos duas alternativas: olharmos para o sofrimento de forma egoísta e nos sentimos as criaturas menos amadas e queridas da face da terra e aí a nossa vida vai se amargando, vai perdendo o sentido, vai se distanciando de Deus e das pessoas e acabamos morrendo, seja no corpo ou na alma que é muito pior.

Ou olhamos agora sobre o novo aspecto que Jesus nos trouxe: O SOFRIMENTO QUE É UMA DOAÇÃO DE AMOR EM FAVOR DO OUTRO! Daí somos capazes de enxergar até mesmo alegria no sofrimento, somos capazes de perceber que no sofrimento se encontra o mais belo caminho de santidade. Somos capazes de oferecer os nossos sofrimento em favor dos outros.

Se você sofre no seu casamento, você se torna capaz de oferecer este sofrimento pela santificação de todos os outros casais do mundo. Se você sofre com os seus filhos, você é capaz de oferecer este sofrimento pela conversão de seus filhos e de outros jovens que estão numa vida igual ou pior do que a deles. Se você sofre no seu trabalho, você é capaz de oferecer este sofrimento em favor de tantas pessoas que estão desempregadas e até mesmo estão passando fome!

Por isso, não fique murmurando, se revoltando com a vida e com as pessoas diante dos seus sofrimentos. Pelo contrário, enxergue de forma nova, e faça das suas dores uma demonstração do seu amor por Deus e pelas pessoas. Vai ser difícil, vai doer, você vai até querer desistir e voltar a viver o sofrimento da forma velha; mas você verá a graça acontecer e colherá os frutos maravilhosos que são produzidos quando vivemos o sofrimento sob a Graça de Deus. Todo o sofrimento vivido em Deus se transforma em amor e vitória. Que o seu sofrimento possa gerar vida em meio a este mundo que está tão longe de Deus, e por isso padece!

Deus te abençoe!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.