É tempo, não é tempo?

Diz uma música:

O meu coração às vezes diz: SIM, NÃO, É, TALVEZ, PODE SER!
Não confio nele não, pois ele diz: SIM, NÃO, É, TALVEZ, PODE SER!
O que será, o que será?
Eu não sei, eu não sei, só Deus sabe!
To be or not to be, that is the question
YES, NO IS, PERHAPS, MAY BE…
What “ll be, what”ll be… only God knows
(Diácono Nelsinho Corrêa)

Essa música reflete bem aquele “friozinho” que dá na barriga quando as “coisas do coração” começam a bater mais forte que ele mesmo…

É algo tão normal, mas que mexe tanto com a gente, não é?
De repente um olhar no olhar e vem aquele fogo no peito misturado num frio na barriga. E aí, o que dizer? O que falar? O que pensar? Alguns/algumas ficam sem comer; outros/outras passam a comer até demais e, parece que o coração fica do tamanho da gente mesmo. A respiração é mais funda, o olhar é perdido no horizonte e as palavras não conseguem dizer tudo…

É nesse clima que de repente pode se iniciar um namoro. É isso mesmo, namoro. Nem quero comentar o famoso “ficar” de hoje (o que fica mesmo são feridas de um relacionamento egoísta, momento apenas, tão rápido que não dá nem tempo de conhecer-se, só o corpo, ou partes dele…).

Como saber a hora de namorar? E o primeiro beijo? O romantismo hoje, tão esquecido, é que dá um toque todo especial num relacionamento. Então, a gente aguarda o momento certo, mas qual será esse momento, pelo amor de Deus!?

Bem, todas as perguntas que começam a pipocar dentro da gente nesse tempo de decisões, indecisões, tempo de: SIM, NÃO, É, TALVEZ, PODE SER… todas essas perguntas chegam até a humilhar a gente, pois nem sempre sabemos lidar com tudo isso e, é aí que abrimos uma grande brecha pra Deus agir: para saber a resposta, temos que rezar mais!

– “Ah, mais, eu vou rezar pra Deus pra falar de namoro?”

É… exatamente! Sabe, nós ficamos mais humildes quando não temos as respostas que queríamos. E vai ser essa “santa humilhação” de não saber o que fazer que fará com que a gente escute mais a voz de Deus que fala no coração. Conseguir é a arte de esperar o momento certo.

Espere em Deus e faça a sua parte e, que Deus o abençoe!
Ele responde a todas as nossas perguntas, não se esqueça.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.