Deus nos cerca de cuidados

Não importa saber que Deus existe, importa saber que Ele é amor (dizia um filósofo). Quando penso nesta afirmação, quase ouço São Tiago dizendo: ‘Crês que há um só Deus? Fazes bem! Pois até os demônios crêem e tremem‘.

O que Deus quer conosco é um relacionamento íntimo, pessoal, de pai para filho, de amigo para amigo; não só que acreditamos em sua existência; até mesmo por que esta é definição de pagão: sabendo que Deus existe vivem como se Ele não existisse; esquecem-se dele, colocam-no em segundo lugar.

Deus ama você… e quer ser amado por você! Ele ama você de verdade, está atento a sua vida, sabe de seus sofrimentos, conhece os seus segredos; o que você nunca contou a ninguém, Ele sabe, e é assim que o ama, aceitando-o como você é.

Deus nos cerca de cuidados, com certeza Ele protege você!

Certo dia voltávamos para Cachoeira Paulista -SP, de uma missão em Valinhos (SP) o carro estava na velocidade permitida na Rodovia Dutra (110 km/h), quando de repente, o volante começou a trepidar, a motorista tentou estabilizar o carro mas a trepidação era cada vez maior; jogamos o carro para o acostamento e por ‘coincidência’, já era a entrada para um posto de gasolina.

Quando saltamos do carro, qual não foi a nossa surpresa? A roda dianteira esquerda tinha perdido os 03 parafusos na estrada e o último que restava estava em sua última volta. Se aquele parafuso tivesse soltado, na velocidade em que estávamos, talvez estivéssemos capotando até hoje!

Mas o que me assusta não é aquele parafuso ter ficado ali, nem os outros 03 que soltaram… o que me assusta são as expressões que escutei ‘Nossa , que sorte’! ou ‘Que coincidência! Vocês pararam na hora certa’!

Eu não tenho dúvidas de que a mão poderosa de Deus preservou nossa vida e nos salvou da morte naquela noite. Não foi sorte, foi Deus! Não foi coincidência mas o seu amor que nos livrou!

Deus fez o que fez, não porque existe, mas porque me ama. Ele cuidou de mim e está cuidando de você neste momento.

Quando recolocamos a roda do carro no lugar havia uma só palavra em nossos lábios: ‘Graças a Deus! Como o Senhor é bom!’

Ainda que o mundo todo diga o contrário, ainda que os fatos atestem em desfavor, saiba que o Senhor não esqueceu você e que neste momento Ele o abraça e protege! Alguns, porém, perguntam: ‘Por quê tantas pessoas são atingidas por males, acidentes e desgraças? Por quê tantos não experimentam esta proteção? Isso você vai acompanhar na próxima semana.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.