Deus ama-nos com um amor sem reservas

João Paulo II depois de ter feito sua catequese em italiano, explicando o Salmo 116, o menor da Bíblia, que é rezado no sábado da primeira semana do Saltério, resumiu suas palavras em francês, inglês, alemão, espanhol e português. Eis suas palavras em nossa língua:

‘Queridos irmãos e irmãs!
Deus ama-nos com um amor ser reservas, que nunca se cansa nem se esgota: esta é a mensagem do Salmo 116, breve como uma jaculatória, mas intenso como o cântico do ‘Te Deum’. Louvemos o Senhor! Louvemo-Lo sem cessar. Mas, o nosso louvor há de ser expresso mais com a vida do que por palavras. Pouco crédito e fruto teriam estas, se, com o salmo, convidássemos os povos a louvarem o Senhor, mas a nossa existência estivesse vazia de Deus, como nos advertiu Jesus: ‘Brilhe a vossa luz diante dos homens de modo que, vendo as vossas boas obras, glorifiquem vosso Pai que está nos Céus’ (Mt 5,16)’.

Em seguida saudou os fiéis, entre os quais um grupo de brasileiros: “Amados peregrinos de língua portuguesa! Saúdo cordialmente a todos os presentes, principalmente os membros da Associação dos Juízes Federais do Brasil, pedindo a Deus todo-poderoso, que vos abençoe, e vós e às vossas famílias, e vos ilumine na vossa importante missão em prol da justiça e recuperação da humanidade ofendida”.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.