Da fraqueza à glória!

Podemos dizer que são verdadeiras cruzes os problemas e dificuldades que o dia-a-dia nos apresentam. Diante dessas cruzes nos deparamos com as nossas fraquezas e limitações, porém nos deparamos também com a força de Deus agindo em nós. “Basta-te a minha graça, pois é na fraqueza que a força de Deus se realiza plenamente” (II Cor 12,9). Talvez você esteja vivendo um momento de fraqueza, mas não existe momento melhor para você experimentar o poder de Deus. Esta é a circunstância para você abrir seu coração e dizer: “Deus, quero sentir a tua graça e o teu poder”. Acredite, se neste momento você pode pedir com fé e confiança o auxilio de Deus, você vai experimentar o Seu poder amoroso. Deus está contigo! É na fraqueza que Deus se manifesta. Você pode dizer com confiança: “Deus tu és a minha força, tu és o meu refúgio, tu és a minha rocha.”

Na passagem de Filipenses 2, 6-11 a Palavra nos apresenta Jesus como servo obediente e sofredor, que se rebaixou até a morte e morte de cruz. Para muitos a cruz era o grande fracasso de Jesus, enquanto na cruz o poder de Deus, a força de Deus era revelada.

Ao mesmo tempo em que Jesus experimentou a cruz, experimentar a glória; enquanto experimentava a dor, experimentava a alegria de fazer a vontade de Deus. É na cruz que está nossa vitória, não existe cristianismo sem cruz, não existe cristão sem dor, sem fraquezas.

Na cruz, Jesus é humilhado pelos homens e exaltado pelo Pai; experimenta a morte para nos dar a vida. Talvez você esteja vivendo momentos de extrema humilhação, no entanto o próprio Deus te exaltará.

Meus amados irmãos, temos de olhar a cruz e o sofrimento pelo lado positivo, sabendo que a nossa salvação passou pelo sofrimento. Jesus, ao se encarnar, ao se fazer homem sofreu como eu e como você. Sofremos uma grande tentação de achar que Jesus não sofreu como nós, pelo contrário somos nós que ainda não sofremos como Jesus. O amor de Jesus por nós, levou a viver todas as conseqüências. Quem ama, sofre! Não existe verdadeiro amor sem sofrimento, assim foi com Jesus, assim deve ser conosco.

Diante dessas realidades, não podemos desistir, temos que sofrer todas as conseqüências desse amor sabendo que o sofrimento e a dor que são conseqüências desse amor, um dia se transformará em glória e triunfo para aqueles que acreditam em Deus.

O amor e o sofrimento estão mesclados como cruz e glória, fracasso e vitória. A nossa vitória está na cruz de Cristo.

Portanto, meu irmão(a), não pare nos seus limites, fraquezas e dores, pelo contrário, faça de tudo isso um meio para atingir a glória de Deus. Você não está sozinho, o Senhor está contigo! Procure crescer com suas fraquezas, pois elas são um verdadeiro campo de amadurecimento e manifestação do poder Dele.

Coragem, um grande abraço,

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.