Cristãos e mídia

“Queremos ver Jesus!” Este foi o pedido dos peregrinos vindos de Jerusalém depois da diáspora dos cristãos. Eles fizeram este pedido a Filipe dando voz ao coração que ardia de desejo de contemplar o Mestre de quem tanto ouviram falar por onde passaram.

João Paulo II, homem profundamente humano e espiritual, destacou como meta neste Milênio contemplar o rosto de Cristo e ser o rosto de Cristo para que outros possam encontrar, ver, ouvir, e seguir Jesus.

O testemunho autêntico de vida cristã que revele Cristo e o Pai é uma urgência cada vez mais presente em nossos dias. “O mundo será mais pagão se os cristãos forem menos cristãos” – afirma Dom Antônio Marcelino, bispo de Aveiro, em Portugal.
Se a fé não marcar o ritmo e a vida, de quem crer, se a seriedade e a coerência não forem visíveis aos olhos dos que o observa, se não for a verdade a meta que orienta seus passos, Cristo estará cada vez mais ausente e será muito difícil encontrá-lo nos caminhos da vida.

Os peregrinos de Jerusalém não dirigiram o seu pedido a uma pessoa qualquer, mas sim a um dos discípulos de Cristo, um de seus companheiros de todos os dias. Filipe uma vez que convivia com Jesus, podia compreender melhor o desejo deles e ajudá-los a encontrar a resposta.

Mostrar Jesus a quem o procura, é a missão diária da Igreja. Recorda João Paulo II na sua primeira encíclica “O Redentor do homem”.

Pela palavra, pelo testemunho, por todos os meios ao nosso alcance e muito especialmente nos tempos em que vivemos onde os meios de comunicação social, “são os novos púlpitos”, Revistas e jornais, rádio e televisão, canções e encenações, tudo na Igreja precisa estar a serviço da missão, precisa revelar o Cristo tão procurado muitas vezes em lugares alheios.

O homem, por mais que corra e se canse na procura da felicidade, vai sentindo, por formas diversas, que ela não é uma coisa que se esconda ou se encontre num lugar qualquer. É do seu intimo que vem a direção para encontrá-la, o apelo se orienta para uma Pessoa que é preciso conhecer, e daí surge o desejo que é expresso por aqueles peregrinos de Jerusalém e por nós. “Queremos ver Jesus!”

Seja este o sentimento mais forte na vida de todos nós cristãos. “Queremos mostrar Jesus!”
Seja este o projeto apostólico da Igreja, vivido por todos os filhos de Deus em todos os setores da sociedade. Ver Jesus, apresentar Jesus ao mudo que mesmo sem saber, padece de sede e fome por não conhecê-Lo.
Feliz de quem procura ser Jesus, e feliz de quem está preparado para mostrá-Lo vivo com a sua vida de Discípulo, de Apóstolo e de Irmão.


Dijanira Silva

Missionária da Comunidade Canção Nova, desde 1997, Djanira reside na missão de São Paulo, onde atua nos meios de comunicação. Diariamente, apresenta programas na Rádio América CN. Às terças-feiras, está à frente do programa “De mãos unidas”, que apresenta às 21h30 na TV Canção Nova. É colunista desde 2000. Recentemente, a missionária lançou o livro “Por onde andam seus sonhos? Descubra e volte a sonhar” pela Editora Canção Nova.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.