Crescimento no Discernimento

2. Para se abrir ao carisma do Discernimento e para crescer nele, o l’der deve ser um homem ou uma mulher da Palavra. Como o Mestre, a Palavra feito carne, o líder deve de certa forma encarnar a Palavra de Deus em seus ensinamentos e decisões pois, talvez a única Bíblia que muitos lerão ou ouvirão seja a Bíblia Aberta que eles vêem em nós. Como líderes devemos nos comprometer a ler a Bíblia diariamente e, como Maria, guardá–la, meditar sobre ela e deixá–la produzir frutos em nossa vida, tornando–nos sal da terra e luz no alqueire. As profecias e as mensagens por si mesmas não podem ser substitutas de nossa intimidade com a Palavra de Deus (Jo 8, 31). Não podemos dar aos outros o que não temos. Se um cego conduzir outro cego, ambos cairão no buraco. Que o Mestre não diga de mim também, ‘Afasta–te, Satanás, tu és para mim um escândalo; teus pensamentos não são de Deus, mas dos homens!’ ( Mt 16, 23).

Um líder de discernimento deve também ser um homem de oração ou um homem do Espírito. Não apenas deve escapar das astúcias do demônio que o prendeu para realizar seus caprichos mas, Jesus deve agora ‘cativar seu coração e colocar aí o seu trono’ (2 Tm 2, 26). Foi quando Jesus estava em oração, que Ele recebeu o Espírito Santo para a missão (Lc 3, 21). Foi depois que os 120 devotaram os nove dias de espera à oração constante, que eles ficaram cheios do Espírito Santo que os capacitou a orar no Espírito. Quanto mais tempo o líder ficar em oração, mais o seu coração baterá em uníssono e no mesmo ritmo que o Sagrado Coração de Jesus e terá seus desejos e sentimentos (Mt 11, 29).

O líder de discernimento também deve pensar e sentir com a Igreja, que é a família de Deus, o Corpo de Cristo e o Templo do Espírito Santo. Eu sou muito ecumênico no meu modo de pensar (escreví uma dissertação sobre o ecumenismo para o Bacharelato em Teologia em Roma), no meu coração (o Reverendo David du Plessis foi e o Reverendo Vinson Synan é um grande amigo meu) e no meu ministério (quantas vezes partilhei do mesmo palco nas convenções carismáticas com meus irmãos líderes Protestantes e Pentecostais) mas, ainda estou convencido de que a Igreja Católica tem a totalidade da Verdade e é a Renovação Carismática Católica que tem me feito apreciar e a dar valor a tantos ensinamentos especificamente católicos. O líder será capaz de discernir melhor, quanto mais ele conhecer os ensinamentos da Igreja, como expressos nos documentos do Concílio Vaticano II, no Catecismo da Igreja Católica, e outros mais, em vez de se apoiar arrogantemente em sua própria interpretação das Escrituras ou em alguma revelação, mensagem ou visão particular.

Pe. Rufus Pereira
Vice-presidente da Associação Internacional de Exorcistas
Membro do ICCRS (Conselho Internacional da Renovação Carismática Católica)

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.