Copo de cristal ou de vidro comum?

Quanta expectativa!

Vivemos em função delas!

Buscamos sempre, por um motivo ou outro, os primeiros lugares.

O anonimato, a simplicidade e a partilha nunca estão na nossa lista de valores.

E assim nos tornamos alvos.

Alvos de: inveja, orgulho, medo, distanciamento de nosso ser e dos outros…
Desgastamo-nos.

Tentamos ser o que julgamos indispensável para nossa felicidade.

Perdemo-nos.

De nós mesmos e dos outros.

Copos de cristal são especiais, mas quebram com facilidade.

Não podem ser concertados.

Nunca ficarão como antes.

A vida no silêncio, no amor e na dedicação desinteressadas serão os únicos caminhos a nos libertar de nós mesmos.

De nossas travas.

Fonte: psicologiaefe

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.