Conhecer e amar

Ultimamente tenho conversado com muitas pessoas na faculdade, no trabalho ou em casa. Tenho percebido que muitas vezes nos deparamos com a nossa miséria e a do outro, e sem querer acabamos falando de alguém de alguma maneira boa ou ruim.

Quando de uma maneira boa, ótimo! É preciso valorizar aquilo que é louvável em cada um, mas quando é aquilo que não nos agrada em alguém, acabamos por criar a imagem, talvez errada de qualquer pessoa que seja, poderemos perder uma ótima oportunidade de conhecer as riquezas que essa pessoa tem a nos oferecer.

Através de fatos acontecidos comigo fui criando “falsas imagens” de algumas pessoas que me rodeiam devido a outras terem falado suas experiências negativas vividas com “A” ou “B”. Não me aproximava dessas pessoas, já ia preparado para viver as mesmas experiências ou piores que as vividas pelos outros, comecei enxergar aquilo que pouco ou nem existia de defeito e assim meu círculo de amizades e relacionamentos não crescia. Os “rótulos” em determinadas pessoas pareciam constantes e tomavam uma proporção maior.

E fui levando minha vida assim: rotulando e não dando oportunidade de mostrar que os outros têm sua própria riqueza.

No ano passado deparei-me com uma determinada pessoa em que eu sempre ouvi falar da sua má fama, com muita cautela falava preparado para responder à altura daquilo que eu esperava. Trabalhamos juntos e percebi que essa pessoa era diferente, mostrava-se irmão e atencioso. Achei que era momentâneo, e a qualquer momento iria revelar “quem ele realmente era”.

Fiquei decepcionado comigo mesmo, pois construí uma história maravilhosa de amizade! Somos irmãos e amigos! Percebi também que é preciso criar história e ter as minhas próprias experiências pessoais com cada um!

Somos responsáveis por cativar e deixar-se cativar e não irmos fechados para um novo relacionamento, seja profissional, amizade ou sentimental! É preciso conhecer o outro porque o importante da amizade é saber o que há dentro dos amigos!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.