Cantai ao Senhor um canto novo!!!

Irmãos e irmãs internautas,
“Cantai ao Senhor um canto novo”

Desde o início do ano passado meus paroquianos decidiram participar do acampamento de férias da Canção Nova. Não apenas os incentivei como decidi acompanhá-los nesta aventura de fé. Saímos da Paróquia Santo Antonio de Pádua de Mara Rosa – Goiás no dia 11, à tarde.

Uniram-se a nós o Pe. Inocêncio Xavier e seus paroquianos da Paróquia Nossa Senhora da Guia de Campinorte – Goiás.

Aqui chegamos no dia 12, à noite, após uma viagem de 25 horas, em dois ônibus. Foi uma viagem feliz, com momentos de recitação do santo terço, do canto do Ofício de Nossa Senhora e louvores de efusiva alegria da parte de todos, principalmente dos jovens.

Conheço o recinto da Canção Nova desde 1988, quando ainda os trabalhos eram tímidos e limitados a Rádio Canção Nova e aos trabalhos de pregação do Pe. Jonas Abib. Percebia-se que um sonho estava nascendo e o povo descobria a Rádio Canção Nova como um espaço de alento e convite à vivência da Palavra de Deus e dos Mistérios Cristãos.

Passados estes anos, volto a este recinto de paz e oração. Ao contrário da Torre de Babel (Gn 11), onde imperou a confusão e a dispersão dos que orgulhosamente queriam tocar os céus, o recinto da Canção Nova é a expressão do perene pentecostes (At. 1 e 2) que aproxima e congrega os que confiadamente sentem o céu dentro de si e no olhar dos irmãos.

Fiquei edificado com o espírito de comunhão e oração dos milhares de fiéis que partilharam do amor de Deus durante esses dias de maravilhosas bênçãos. Pessoas de todos os recantos do Brasil com um só objetivo: encontrar-se com Deus.

O ambiente de serenidade, humildade e profundo respeito de uns pelos outros já possibilita a evangelização. Qualquer pagão que aqui vier, certamente, repetiria o mesmo que disseram nos tempos do início das comunidades cristãs de Jerusalém: “Vejam como eles se amam”.

Fiquei edificado com a acolhida, as expressões de alegria e comunhão dos membros da Comunidade Canção Nova. Percebe-se que existe em cada membro a clara compreensão da missão desta obra: evangelizar, atrair almas ao Coração de Jesus.

Tenho 16 anos de sacerdócio e pertenço ao clero da Diocese de Uruaçu, onde nasci. Fui ordenado por Dom José Silva Chaves, segundo bispo da diocese. Trabalhei 12 anos na sede da Diocese e, atualmente estou como pároco da Paróquia de Mara Rosa – GO. Auxílio na formação dos futuros padres da Diocese, como professor no curso de filosofia e diretor espiritual.

Conheço algumas restrições que alguns do clero nacional faz à Canção Nova. Pelo que conheço do Pe. Jonas, desde 1987, percebe-se sua reta intenção e a profundidade do seu trabalho, fruto de um árduo discernimento espiritual e de intensivas orações. Esta obra não aconteceu por um acaso, tem a mão de Deus. A boa árvore se conhece pelos frutos, disse Jesus; a Canção Nova já os têm em expressiva abundância.

De agora em diante, mensalmente, escreverei alguma coisa para este maravilhoso e instrutivo portal Canção Nova. Que Deus abençoe você aqui do Brasil e do exterior que acessa este portal. Rezemos pela Canção Nova e a ajudemos com nossas orações e com nossas doações.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.