Caminhando com Jesus

Façamos a experiência como os discípulos de Emaús (relatado no Evangelho de Lucas 24), que puderam caminhar com Jesus Ressuscitado. “O próprio Jesus aproximou-se e pôs-se a caminhar com eles.” (Lc 24,15). Aqui é o nosso ponto de partida, nos coloquemos no lugar dos discípulos e deixemos que Jesus toque a nossa vida.

A princípio, eles estavam com os olhos cegos e entorpecidos pelas preocupações da vida presente e não puderam reconhecer o Senhor de suas vidas. “Seus olhos, porém, estavam impedidos de reconhecê-lo” (Lc 24,16). O Senhor se põe a caminho conosco, faz parte de nossa vida, caminha ao nosso lado, se interessa por cada um de nós, mas precisamos abrir os nossos olhos e reconhecê-lo em nossa vida.

Deixe o Senhor fazer parte de sua vida, sua história, para a cura que tanto você almeja aconteça de maneira concreta e eficaz. Pois só podemos reconhecer o Senhor e abrir os nossos olhos para ver Jesus, se curarmos as nossas chagas. Tenho experimentado isso em minha vida, à medida que convidei Jesus para fazer parte de minha vida, minha história; deixei-O entrar de cheio em minha intimidade, fui sendo curado profundamente. Não tive receio de fazer uma releitura do meu passado e contá-lo para Jesus.

Sei que é muito doloroso mexer no passado, às vezes foi só de sofrimento, mesmo que seja para Jesus. Tudo parece que é recriado no momento das lembranças, mas a cura só acontecerá se Jesus caminhar conosco, se Ele entrar nos meandros de nossa história de vida. O Senhor quer curar seus sofrimentos, suas mazelas, apenas deixe o Senhor entrar na escuridão de sua vida e a luz no Espírito Santo iluminar as trevas que há em ti.

Muitos não são curados, hoje, porque esqueceram do Grande Médico Psicólogo e Psiquiatra: Jesus (não estou dizendo que não devem buscar estes profissionais), mas as feridas da alma só Jesus as podem curar.

Continuando a caminhar com o Senhor, no lugar dos discípulos de Emaús, deixemos ser tocados pela presença do Cristo e pela ação da graça. Abramos os nossos olhos e o reconheçamos. “Então seus olhos se abriram e o reconheceram” (Lc 24,31).

Está com o Senhor nossos corações precisam arder de amor por Ele, como os discípulos de Emaús. A nossa vida não pode continuar a mesma, quando Jesus caminha conosco. Deixe-se provocar pelo Senhor. Cristo quer te instruir, quer transformar sua vida de maneira radical. “Não ardia o nosso coração quando Ele nos falava pelo caminho, quando nos explicava as Escrituras?” (Lc 24, 32).

O valor de tudo isso é se reconhecermos que somos necessitados de Jesus, como o cego de Jericó. “Jesus filho de Davi, tem compaixão de mim”(Lc 18, 35-43). Diga quero ver Jesus caminha verdade e vida. O nosso Deus se arde de amor por cada um de nós, seu coração se inflama de misericórdia por cada um de nós.

A respeito desse amor Dionísio Areopagita dizia: “não, não é uma loucura. O amor de Deus tem como efeito fazer sair fora de si aquele que ama, e se dar inteiramente à pessoa amada”.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.