Brilhe a vossa luz diante dos homens!

“Brilhe a vossa luz!” foi e continua sendo a ordem do divino Mestre.

Não brilha a sua luz
• quando você antepõe o amor a si mesmo ao amor de Deus,
• quando você prioriza o mal sobre o bem, o pecado sobre a virtude,
• quando você se comporta em contradição com a fé recebida em seu batismo,
• quando você não vê nos outros, irmãos, irmãs e filhos do mesmo Pai,
• quando você, mal agradecido, dá as costas para os que o geraram!

Não brilha a sua luz
• quando você adolescente ou jovem entra pelos atalhos da violência e da impureza, das bebidas e das drogas, da paixão que cega,
• quando você em seu namoro ou noivado ultrapassa os limites do respeito e da dignidade,
• quando você segue em frente na vida sem ouvir em seu coração os apelos de Deus e do Espírito Santo,
• quando você se nega ao diálogo e ao serviço, ao perdão e à partilha dos bens que tem,
• quando você constrói o seu lar sobre a areia movediça da paixão que é impaciente e possessiva, afoita, estéril e infelicitante!

Não brilha a sua luz
• quando você trai aquele ou aquela a quem jurou amor e fidelidade para sempre,
• quando no lar que ergueu não há abertura para o acolhimento do dom dos filhos,
• quando você, egoísticamente, somente pensa em si e em tirar vantagens,
• quando você sonega de sua doméstica ou dos seus operários o justo salário a que têm direito,
• quando você passa insensível pelo menor e morador de rua, sob marquises e pontes!

Não brilha a sua luz
• quando você não se comove com os que têm fome e sede, passando frio, batendo à sua porta,
• quando você despreza quem se prostitui nos caminhos da vida ou mora em indecentes favelas,
• quando você discrimina o estrangeiro ou quem tem outras opções político-partidárias diferentes das suas,
• quando você critica por trás, negando-se à correção fraterna e à oração com irmãos de outra Igreja!

Mas brilha a sua luz
• quando você afirma a sabedoria de Deus, o primado de Cristo seu Filho e o protagonismo do Espírito na evangelização,
• quando você vive coerente com a graça do seu batismo,
• quando você é dócil à voz de sua consciência cristã,
• quando você proclama e respeita os direitos de todos,
• quando você testemunha pela vida, palavra e ação, a fé e os valores em que crê!

Brilha a sua luz
• quando você respeita os mandamentos do Decálogo, procurando viver as bem-aventuranças do Evangelho,
• quando você ama sem discriminações a todos, como Cristo amou,
• quando você se contenta com o pão de cada dia priorizando os bens do espírito,
• quando você não adora os falsos ídolos do poder, das riquezas e do sexo,
• quando você tem a coragem de deixar tudo, para o generoso seguimento dos passos e exemplos de Cristo!

Brilha a sua luz
• quando você está inserido em sua comunidade de fé,
• quando você tem a coragem de defender a Igreja e os valores que ela proclama,
• quando você cumpre seus deveres de cidadão, exigindo dos governantes que sejam servidores do povo que os elegeu,
• quando você coloca a sua existência em defesa da família e da vida,
• quando você tem a coragem para denunciar as baixarias da televisão e d’outros meios de comunicação social!

Brilha a sua luz e você é sal da terra
• quando se empolga pela justiça,
• quando partilha os bens que Deus lhe deu,
• quando exerce a correção fraterna,
• quando está construindo com seriedade um mundo mais humano e fraterno,
• quando está gestando uma sociedade menos desigual e mais justa, construindo a paz!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.