Ato de Oferecimento

Meu Deus! Trindade Bem-aventurada, desejo AMAR-VOS e vos fazer AMAR, trabalhar para a glorificação da Santa Igreja, salvando as almas que estão sobre a terra e libertando as que sofrem no purgatório. Desejo cumprir perfeitamente vossa vontade e chegar ao grau de glória que me preparastes, em vosso reino, numa palavra, desejo ser Santa, mas sinto minha impotência e vos peço, ó meu Deus! Sejais vós mesmo minha SANTIDADE.

Pois que me amastes, a ponto de dar-me vosso Filho único para ser meu Salvador e meu Esposo, os tesouros infinitos de seus méritos são meus, eu vo-los ofereço, com alegria, suplicando-vos que me olheis através da Face de Jesus e em seu Coração ardente de AMOR.

Ofereço-vos, ainda, todos os méritos dos Santos (que estão no Céu e sobre a terra), seus atos de AMOR e os dos Santos Anjos, enfim, ofereço-vos, ó BEM-AVENTURADA TRINDADE! O Amor e os méritos da SANTÍSSIMA VIRGEM, MINHA MÃE QUERIDA, é a ela que abandono minha oferta, suplicando-lhe vo-la apresentar. Seu Divino Filho, meu Esposo Bem-Amado, disse-nos durante sua vida mortal: ‘Tudo o que pedirdes a meu pai em meu nome, ele vo-lo dará!’ Portanto, estou certa de que atendereis a meus desejos; eu o sei, ó meu Deus! Quanto mais quereis dar, tanto mais fazeis desejar. Sinto em meu coração desejos imensos e é com confiança, que vos peço vir tomar posse de minha alma. Ah! Não posso receber a santa comunhão tantas vezes quanto desejo, mas Senhor, não sois ONIPOTENTE?… Ficai em mim, como no tabernáculo, não vos afasteis jamais de vossa hostiazinha…

Quisera consolar-vos da ingratidão dos maus e suplico-vos tirar-me a liberdade de vos desagradar; se por fraqueza, cair alguma vez, que logo vosso Divino Olhar purifique minha alma, consumindo todas as minhas imperfeições, como o fogo que transforma em si todas as coisas…

Agradeço-vos, ó meu Deus! Todas as graças que me concedestes, em particular, de me ter feito passar pelo cadinho do sofrimento. É com júbilo que vos contemplarei, no último dia, empunhando o centro da Cruz; pois que vos dignastes fazer-me partilhar desta Cruz tão preciosa, espero no Céu assemelhar-vos a Vós e ver brilhar em meu corpo glorificado os sagrados estigmas de vossa Paixão…

Após o exílio da terra, espero ir gozar de vós na Pátria, mas não quero acumular méritos para o Céu, quero trabalhar só por vosso AMOR, com o único fim de vos agradar, consolar vosso Coração Sagrado e salvar almas que vos amem eternamente.

Na tarde desta vida, comparecerei perante vós com as mãos vazias, pois não vos peço Senhor contar minhas obras. Toda nossa justiça é manchada a vossos olhos. Quero, pois revestir-me de vossa própria justiça e receber de vosso Amor a posse eterna de Vós mesmo. Não quero outro Trono e outra Coroa senão Vós, ó meu Bem-Amado.

A fim de viver num ato de perfeito amor, OFEREÇO-ME COMO VÍTIMA DE HOLOCAUSTO A VOSSO AMOR MISERICORDIOSO suplicando-vos me consumir, sem cessar, deixando transbordar em minha alma as ondas de Ternura Infinita que estão encerradas em vós, e que assim eu me torne Mártir de vosso Amor, ó meu Deus!…

Que este Martírio após me ter preparado para comparecer perante vós faça-me, enfim, morrer e que minha alma precipite-se, sem tardar, no eterno abraço de vosso Amor Misericordioso…

Quero, ó meu Bem-amado, em cada palpitar de meu coração, renovar-vos este oferecimento um número infinito de vezes, até que, dissipadas as sombras possa repetir-vos meu Amor, Face a Face Eterno!..

Maria Francisca Teresa do Menino Jesus e da Santa Face,

rel. carm., ind.,

Festa da Santíssima Trindade

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.