Amor que vem da Eternidade

Lendo a Sagrada Escritura, já no Antigo Testamento, vimos que muitos profetas e reis dão testemunho do Amor do Coração de Jesus. Escolhemos algumas dessas passagens, onde os autores sagrados deixam bem claro o amor que Deus tem pelo seu povo e por nós em particular.

‘Não temas, porque eu te resgatei, chamei-te pelo teu nome, tu és meu’ (Is. 43, 16) E ainda: ‘És precioso a meus olhos, és honrado e eu te amo. (Is. 42, 4). ‘Derramarei o meu espírito sobre a tua raça e minha bênção sobre os teus descendentes’ (Is. 44, 3b) ‘Eis que gravei teu nome na palma de minha mão.’ (Is. 49,16). Jeremias também se expressa: ‘Eu te amei com amor eterno, por isso conservei para ti o meu amor’. (Jer 31, 3).

Os Evangelhos estão cheios de provas do amor misericordioso do Deus-Jesus, pelos homens e mulheres de seu tempo e de todos os séculos. Quantos milagres físicos e espirituais realizou por amor e compaixão do ‘seu’ povo! Ele mesmo disse não existir ”maior prova de amor, do que dar a vida pelos seus.’ (Jo. 5, 11)

Jesus mandou-nos amar amigos e inimigos (Mt. 5,44), para que todos conheçam que somos Dele e caminhamos na perfeição, assim como ‘Ele é perfeito. (Mt. 5,48). Por amor, prometeu estar conosco todos os dias ‘até o fim dos tempos’. (Mt. 28, 20b).
O senhor não nos esquece jamais!

Santo Agostinho diz-nos que na cruz de Jesus temos a prova concreta de amor, ‘pois a medida do amor é amar sem medida.’ E Clélia Merloni, Fundadora do Instituto das Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus, escreve em uma de suas cartas: Quem nos amou e nos ama mais do que o Sagrado Coração de Jesus?’ (P.M. 404)

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.