Amar para atender melhor

São muitas as reuniões, seminários, palestras, receitas, etc., que visam “ensinar” as pessoas a atender bem aos clientes. Contudo, nesses encontros empresariais dificilmente se fala no poder do amor para dar qualidade ao atendimento que as organizações almejam. Se não percebermos o significado e a riqueza do amor não alcançaremos os objetivos pelos quais lutamos.

Para sermos referência, torna-se imprescindível valorizar os gestos mais simples, as pequenas coisas e perceber nossas ações – nosso comportamento.

Em muitos veículos de carga lemos a pergunta: “Como estou dirigindo?” Pois é… Como estou atendendo? Estou praticando a Excelência no Atendimento? Estou acolhendo com amor?

Sejamos mais atenciosos, afáveis e solícitos com as pessoas, fugindo da distração e de conversas desnecessárias. Assim, as chances de sorrir para os outros e acolhê-los com bom humor serão maiores.
AME e verá o resultado de seu atendimento!

Relacionados

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.