A sabedoria tatuada na pele

Muitos sonhos foram cultivados para quando atingíssemos a maioridade ou simplesmente experimentássemos o momento da sensação de não mais estar sob as asas da mãe.

Neste momento por mais tolo que possa parecer, tomamos atitudes que ao invés de manifestar atitudes adultas refletem o contrário.

A mais comum que posso citar é o desacato, o não respeito aos mais velhos e as autoridades; fazemos questão de assim manifestar.

Outra também bastante aparente é a necessidade de nos auto-afirmarmos quanto a sexualidade e não deixando de comentar sobre a passagem pelas bebidas alcoólicas e fumo.

Vemos o fato de estar sob as asas da mãe, um fator negativo; achamos o que os nossos pais fazem é caretice, etc. Resolutamente não queremos ser como nossos pais, esquecendo-nos que nossos pais já percorreram uma boa caminhada ou até mesmo aquela pessoa que nos aconselha já viveu 2 vezes a nossa idade; mesmo podendo não ter concluído o curso primário, ou até mesmo sem nenhuma alfabetização, detém o conhecimento da experiência vivida. Essas pessoas trazem o diário da vida escrita nas rugas do rosto e nas mãos calejadas.

‘Quem despreza a palavra se perde, quem respeita o preceito será premiado. O ensinamento do sábio é fonte de vida, para evitar as ciladas da morte.’ (Prov.13,13)


Dado Moura

Dado Moura trabalha atualmente na  Editora Canção Nova, autor de 4 livros, todos direcionados a boa vivência em nossos relacionamentos. Outros temas do autor estão disponíveis em www.meurelacionamento.net twitter: @dadomoura facebook: www.facebook.com/reflexoes

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.