A Partida

“ O Senhor te guia por esta estrada de modo que possas “ir e produzir frutos, frutos que permaneçam” ( cf. Jo 15,16 )

A estrada se chama “ o caminho da esperança” porque é bela como a esperança que a ilumina. Porque não haveríamos de ter esperança se caminhamos com Jesus em direção ao Pai?

D. François Xavier Cardeal Van Thuan reviveu a experiência de Paulo, “prisioneiro do Senhor”, quando então arcebispo coadjutor de Ho Chi Minh City, permanecendo durante 13 anos preso no Vietnã. Como Paulo quis escrever para seu povo: para confortar, confirmar na fé e fazer renascer a esperança. Com um pedaço de lápis e algumas folhas de calendário escrevia suas mensagens, que a cada manhã confiava a um menino do vilarejo esses folhetos, que as levava para casa e as copiava nas folhas do seu caderno escolar.

As palavras do bispo chegavam assim a tantas pessoas a ele confiadas pelo Amor do Pai. Van Thuan escreveu porém a todos nós que necessitamos das palavras de Jesus que confortam e nos trazem esperança.

Transcrevo aqui uma de suas cartas de testemunho e encorajamento:

“Filhos diletos,Me encontro em uma nova etapa: difícil, escura e sem fim. Aqui encontro porém os peregrinos que olho como amigos, e todos os acontecimentos como experiência inestimável. Porque tudo é graça.

Na minha noite povoada de silêncio e solidão, penso em vós todos e em cada um, oferecendo-vos a Deus.Deus me deu as horas mais belas da minha vida.

Nunca minhas orações foram tão fervorosas, nem as missas tão vibrantes, nem mais favoráveis as ocasiões de unir – se ao amor de Deus para manifestar o amor em meio ao ódio e semear a esperança no desespero.

Pode-se perder tudo materialmente, mas se Deus permanece, tem-se ainda tudo.
Deus é Amor.

O amor me encoraja a amar como Deus ama.

Não tenho mais nada. Mas cada dia ofereço o amor de Deus e Maria.

Eu estou ao vosso lado, amando-vos e querendo-vos muito bem, porque tendes um lugar especial em meu coração.

Vos deixei uma modesta experiência no Caminho da Esperança.

Ledes os meus pensamentos mais íntimos à luz da Palavra de Deus e do Concílio.
Meditar, rezar, trabalhar, afim de que o vosso coração transborde do Amor e da Esperança…

É o meu testamento , a exemplo de Paulo VI: “ O meu programa é realizar o Concílio Vaticano II”. Esforçai-vos para acender a chama da esperança nos lugares onde viveis.
Como João XXIII eu consagro o resto da minha vida a oração, ao sacrifício, ao serviço.

Possam Jesus, Maria e José reforçar os vossos passos no caminho da esperança.
( Escrito na prisão, em 1980 )
“ Aquilo que o mundo considera “morte”, deveis considerar “ vida”. Aquilo que chamam “ último respiro” deveis chamar “o primeiro respiro” de uma nova vida. Aquilo que chamam “fim”, deveis chama-lo de “ início. Cada dia me encontro mais perto do Paraíso”. (Van Thuan)

Cardeal Van Thuan era Presidente do Pontifício Conselho da Justiça e da Paz.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.