A Igreja do Brasil éviva

Saudações, paz e bênçãos a vocês… espero e rezo para que tudo esteja bem… Estou em Miami, vindo do Brasil para Portugal… e o que eu posso dizer a não ser que o Brasil é um lugar impressionante, que as pessoas são realmente impressionantes (muito calorosas, amigáveis e divertidas), e que quando este nosso Deus Impressionante se encontra com os brasileiros impressionantes, cuidado… é uma combinação impressionante! Vocês tem que ver para crer! Aleluia!

A Igreja é tão viva no Brasil… Não me entendam errado, existem vários desafios e todos eles serão vencidos com a ajuda do Senhor, no seu tempo… Mas que bênção para mim, para a Igreja e para o mundo! Tudo por Jesus… Aleluia!

Nosso Santo Padre sobre o ‘destino nobre da humanidade’ e é tão fácil Ter noção disto numa cultura plenamente viva. Não me entendam mal. O Brasil e as culturas americanas têm muito daquilo que precisa de purificação e cura, e em alguns casos de libertação. Mas lembre-se também de que a Glória do Senhor é ‘o homem completamente vivo’ – obrigado, Santo Inácio de Antioquia – e a cultura brasileira está bem melhor que nós no que diz respeito à quantidade de pessoas apaixonadas pelo Senhor Jesus e Sua Igreja, e Sua Mãe, e Seus santos!

Portanto, à medida que este ano litúrgico termina, vamos entrar no Advento como pedaços secos de madeira… preparando-nos para sermos incendiados com o maravilhoso Amor de Deus feito homem… que nós queimemos com uma paixão pela nossa necessidade de Redenção, individual, cultural, nacional e internacionalmente. .. A vinda de Deus descido do céu à terra feito carne… aleluia! É uma bênção se preparar, especialmente porque esta preparação está mais do que nunca – à luz dos acontecimentos recentes – ligada à Sua vinda final em Glória…

À medida que nos preparamos para a mensagem dos anjos ‘Glória a Deus nas alturas’ com um bom e frutificante Tempo do Advento, rezemos com a declaração de Santo Inácio ‘A glória de Deus é o homem vivo‘ para que possamos ser a cada dia, um pouco mais vivos… E deixemos esta Vida contribuir com a nossa construção da Civilização do Amor. Penso que diante disso o JP (Nosso Santo Padre, o Papa João Paulo II) diria Amém.

Vocês se lembram o que ele nos disse em 2 de dezembro de 1995 (L’Osservatore Romano N.2 10 de janeiro, 1996, p. 7), ‘O grande desafio para a Igreja é encontrar pontos de referência nesta nova situação cultural bem como o Evangelho como a boa nova para as culturas, para o homem autor da culturas‘. Assim que encontrarmos maneiras de apresentar o Evangelho para as culturas como uma boa nova, estaremos melhor preparados para construir a Civilização do Amor.

Quando era arcebispo de Cracóvia, o Papa disse: ‘…o que devemos fazer é mostrar uma crescente prontidão para dar continuidade ao plano eterno de Deus e adaptá-lo às necessidades dos nossos dias‘.

Tem piedade de nós, Senhor Jesus, ajude-nos, Senhor Jesus… Vem, Senhor Jesus… Vamos rezar uns pelos outros enquanto nos preparamos para um excelente Tempo do Advento…

Paz e Bênçãos para sempre em Jesus e Maria…

Pe. Stan Fortuna
Nova Iorque, 29 de novembro de 2001

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.