A Humildade de Maria

Maria olhou o Senhor para vossa humildade e fez em vós grandes coisas (Lc 1,48-49)

“Não é difícil -diz S. Bernardo- ser humilde numa vida obscura, mas grande e rara virtude é conservar-se tal em meio às honras” (Sup. Missus 4, 9). Maria Santíssima foi certamente a mulher mais honrada por Deus, elevada acima de todas as criaturas, contudo, nenhuma outra jamais se abaixou e se humilhou tanto!

Parece haver porfia entre Deus e Maria! Quanto mais a eleva Deus, tanto mais ela se humilha. Saúda-a o Anjo: “Cheia de graça”, e Maria “perturba-se” (Lc 1, 28-29) .”Perturbou-se – explica Santo Afonso – porque, estando tão cheia de humildade, aborrecia todo louvor e desejava que só o seu Criador fosse louvado” (As Glórias de Maria II, 1,4 p. 607). Revela-lhe o Anjo a grande missão que o Altíssimo lhe confiava e Maria proclama-se “a serva do Senhor” (ibidem, 38). Não põe os olhos na imensa honra que lhe advirá por ter sido escolhida para Mãe do Filho de Deus, mas contempla, admirada, o grande mistério de um Deus que se quer encarnar no seio de uma criatura. Se quer Deus descer tanto, a ponto de se dar como Filho, até onde não se deverá humilhar a serva? E quanto mais compreende a grandeza do mistério, a imensidade do dom divino, tanto mais se humilha, abismando-se no próprio nada.

Idêntica atitude quando a saúda Isabel: ”Bendita és tu entre as mulheres” (ibidem, 42). Estas palavras não a surpreendem, porque então já é Mãe de Deus, todavia permanece fixa na sua profunda humildade: tudo atribui ao Senhor, cujas misericórdias canta, confessando como Deus se dignou ”olhar para a humildade de sua serva”(ibidem, 48). Nela operou Deus grandes coisas, ela o sabe, reconhece-o, mas em vez de vangloriar-se, tudo dirige puramente para a glória de Deus.

Mui justamente exclama S. Bernardino: ”Como nenhuma outra criatura, depois do Filho de Deus, foi tão elevada em dignidade e graça, assim também nenhuma desceu tanto no abismo da humildade como Maria”(4 Sr. fest. B.V.M. 3,3). Eis o efeito que devem produzir as graças, os favores divinos: tornar-nos cada vez mais humildes, mais conscientes de nosso nada.

”Se não te é possível seguir na virgindade à Maria -diz S. Bernardo- imita ao menos sua humildade. Digna de louvor é a virgindade, porém mais necessária é a humildade. Para a virgindade há sempre convite. “Quem puder compreender compreenda”. Para a humildade, há ordem absoluta: “Se não vos tornardes como as crianças, não entrareis no reino dos céus”. Por isso, premeia-se a virgindade, mas a humildade exige-se. Sem virgindade podemos nos salvar; não, porém, sem humildade. Sem humildade, a própria virgindade de Maria não teria sido agradável a Deus. Agradou a Deus pela virgindade, mas tornou-se Mãe pela humildade”(Sup. Missus 1,5).

As qualidades e os dons mais belos, como também a penitência, a pobreza, a virgindade, o apostolado, a própria vida de consagração a Deus e até o sacerdócio são estéreis e infecundos se não forem acompanhados por sincera humildade aliás, sem humildade, podem pôr em sério perigo a alma que os possui. Quanto mais elevado for o lugar do cristão na sociedade e na Igreja, quanto mais alta for a vida de perfeição que professar, quanto mais importante for a missão que Deus lhe confiar, tanto mais necessidade tem de aprofundar muito mais as raízes da humildade. Como Maria, no dizer de S. Bernardo, ”tornou-se Mãe pela humildade”, assim a fecundidade de nossa vida interior e apostolado também dependerá desta e estará sempre em proporção a ela.

De fato, somente Deus pode realizar no homem e por seu meio grandes coisas, e só o fará se o vir verdadeiramente humilde. Só a humildade é o terreno fértil e propício para frutificar os dons do Senhor e, por outro lado, é sempre a humildade que nos atrai a graça e os favores divinos. “Não há dama -diz Sta. Teresa de Jesus – que mais obrigue o divino Rei a render-se do que a humildade. Foi ela que o trouxe do céu ao seio da Virgem”. (Cam 16,2)

Fraternidade S. J. da Cruz OCDS-BH Adorador noturno Boa Viagem
E- mail: eduardoquintella@superig.com.br fone: (31)3486-8507- Belo Horizonte MG

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.