A falta de paz é conseqüência do pecado

Toda nossa vida está cercada pelo terrível mistério da iniqüidade do pecado. São Paulo já dizia: ‘Faço o mal que não quero e não faço o bem que desejaria fazer’.
Passando pela violência dos atentados, seqüestros, dolorosas situações, João Paulo II encontrou uma resposta preciosíssima, que se fará no dia 24 em Assis, na Jornada pela Paz. Paz é um dom!

Falta paz na terra porque não se dá Glória a Deus. Se as pessoas proclamarem cada vez mais o senhorio de Jesus Cristo, e que nos faz proclamar que Jesus é o Senhor, estaremos caminhando para que o mundo tenha mais paz. Sem isso ficaremos num impasse, como num beco sem saída. Mas é necessário que nos confrontemos com Aquele que é a nossa paz: Jesus Cristo.

E escutamos na voz de João Batista: ‘Eis o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo!‘. A voz de João Batista é uma seta, é aquele que prepara os caminhos do Senhor. Que nós acolhamos todas as indicações que nos levem Àquele que tira o pecado do mundo. E estejamos com os olhos abertos para descobrir isso.

O convite é que olhemos para o Senhor e não desprezemos as indicações que nos levam Àquele que tira o pecado do mundo, Àquele que é o Caminho, a Verdade e a Vida.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.