🙏 Esperança

O que esperar para 2021? Fortalecendo os laços de fé!

Depois de um ano que ficará na história de nossa geração, o que podemos esperar para o ano seguinte? Eu diria que podemos esperar por tudo aquilo que a nossa fé puder alcançar. Porque o tamanho das graças que recebemos tem uma relação proporcional ao tamanho da fé que expressamos com nossas atitudes.

A Sagrada Escritura conta que, um certo centurião foi até Jesus pedir para que Ele curasse um de seus servos. Quando recebeu esse pedido, Jesus estava entrando na cidade de Cafarnaum e disse que iria realizá-lo. O centurião, porém, rogou a Jesus da seguinte forma: “Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha casa. Dizei uma só palavra e meu servo será curado.” A Bíblia diz que Jesus admirou-se pela fé daquele homem, exortou a falta de fé dos “filhos do Reino” e completou: “Vai, seja-te feito conforme a tua fé”. Na mesma hora o servo ficou curado” (Mt. 8, 8-13). A impressão que temos, ouvindo essa fala de Jesus, é justamente esta: a graça que recebemos é do tamanho da fé que professamos. Nisso é que podemos dizer que devemos esperar, no ano que se inicia, o que a nossa fé em Jesus nos proporcionar.

O que esperar para 2021 Fortalecendo os laços de fé

Foto Ilustrativa: by Getty Images / Martin Dimitrov

E o que fazer então? O que podemos esperar para 2021?

Acreditar! É certamente difícil falar de fé para alguém que perdeu entes queridos ou para quem perdeu o emprego, relacionamentos, saúde física e mental, ou passou por tantas outras coisas em meio a esta crise que atravessamos em 2020, e que ainda estamos vivendo, devido à pandemia do coronavírus e seus efeitos. Mas, para nós, cristãos, a morte e a perda não são as últimas palavras. A vida de Jesus está aí para garantir-nos isso, vendo o que Ele sofreu e venceu.

Muitas pessoas podem estar se sentindo derrotadas, impotentes e/ou abaladas em sua fé, porém, não podemos nos esquecer de quem nós somos. Somos filhos de Deus, que pode sobre todas as coisas. E, se estamos aqui para ler este artigo ou ver a entrada deste novo ano, é porque Ele nos sustentou e nossa vida tem um sentido que vai além do que imaginamos. Por isso, é preciso continuar vivendo com plenitude, numa espera ativa, buscando o sentido em tudo o que experimentamos, seja bom ou ruim.

O psicólogo Victor Frankl, fundador da Logoterapia e Análise Existencial, por meio de suas observações em um campo de concentração nazista, mostrou que quando encontramos o sentido daquilo pelo qual passamos, também alcançamos força para continuar vivendo. Dessa forma, encontrar sentido no que vivenciamos no ano que passou é um modo possível de nos pormos confiantes em direção ao próximo ano, com tudo aquilo que aprendemos e com o que nos tornamos.

Leia mais:
.: Como retornar à sociedade pós-pandemia?
.: A pandemia paralisou meus projetos. Como me reorganizar?
.: Como superar as dificuldades em meio à pandemia?
.: O que é ter fé e também ser uma de pessoa de fé? 

No que podemos esperar?

Alinhando tudo isso à fé em Jesus, podemos esperar coisas grandiosas deste ano que se inicia. Devemos nos lembrar de que: quem segue o Senhor acredita, até o fim, naquilo que não se vê (Cf. Heb. 11, 1). Dito de outro modo, se nos entregarmos ao desânimo, se extinguirmos o Espírito (1 Tes. 5 , 19), as escrituras, as profecias e a fé, a derrota será ainda maior e não experimentaremos a novidade do Senhor. Desse modo, pense que tudo pode nos ser tirado, menos a fé no Cristo, que se deu todo a nós! Pois é esta fé que mantém a esperança.

Uma certeza que devemos ter para 2021 é a de que Deus estará conosco e que seu amor supera todas as coisas. Certamente, precisamos invocar a força do Espírito Santo, para que Ele faça permanecer acesa em nós a chama da fé. Com tudo isso, podemos sim esperar que, ao por nossa confiança em prática, o Senhor fará conforme acreditarmos.

Um feliz e santo 2021 para você e sua família, com toda a fé que você puder expressar!

banner_tenha um otimo dia


Elane Gomes

Missionária da Comunidade Canção Nova desde o ano 2000. Professora de Língua Portuguesa, radialista e especialista em Comunicação e Cultura. Mestranda em Comunicação e Cultura. Atualmente trabalha no Jornalismo da TV Canção Nova de São Paulo. Prega em encontros pelo Brasil e atua como formadora de membros da Comunidade. É esposa, mãe e trabalha também com aconselhamento de casais.

comentários