amor ao próximo

Documentário: 'Leigos, protagonistas de uma Igreja em saída'

“O amor é sempre um compromisso para com os outros, porque o amor se vê nas obras, não nas palavras”, disse Papa Francisco em um de seus tuítes. Em seu Pontificado, o Papa Francisco tem reiterado o convite para uma Igreja em missão, tendo em vista que é considerada ‘Igreja’ não só aqueles que estão à frente de serviços pastorais, mas todos os leigos que comungam da fé cristã.

Os leigos realizam o bem

O termo “leigo” deriva do Latim “laicus”, cuja origem vem do Grego “laikós”. É considerado leigo todo aquele que não recebeu ordens sacras, mas participam de atividades em prol do bem ao próximo.

Em busca de histórias de pessoas comuns que façam o bem ao próximo, o Portal Canção Nova produziu um documentário com três personagens que narram suas histórias e os desafios enfrentados pela prática do bem.

Protagonistas de uma Igreja em saída

José Antônio Resende, 59, é servidor público na cidade de Aparecida (SP) e dedica parte de seu tempo a trabalhos voluntários, como visitar pessoas enfermas e financeiramente desfavorecidas, atuando também como Ministro da Eucaristia.

Aposentada, Rosi Figueiredo, 70, dedica-se ao trabalho voluntário com crianças em vulnerabilidade social.

Já a jornalista Julia Beck, 24, é coordenadora do Movimento de Cursilhos de Cristandade, da cidade de Lorena (SP), e relata o trabalho de evangelização realizado com jovens.

Assista ao vídeo:

O documentário conta com a participação da psicóloga Juliana Albuquerque, que apresenta os efeitos gerados por atitudes positivas na dimensão humana e nos relacionamentos interpessoais.

Professor Felipe Aquino aprofunda seus conhecimentos ao explicar o posicionamento da Igreja perante a vocação leiga e a importância do serviço leigo na construção de uma sociedade com valores e princípios cristãos.

O documentário foi produzido em dois meses, e contou com uma equipe de produção composta por três jornalistas, três cinegrafistas, um fotógrafo, dois editores e um diretor.

Ano do Laicato

Ao encontro do chamado de Papa Francisco, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil instituiu, em  2017, o Ano do Laicato.

Com o tema “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino”,  o Ano do Laicato tem como objetivo geral estimular a presença e a atuação dos cristãos leigos e leigas como “sal, luz e fermento” na Igreja e na sociedade.

O calendário cristão dedica um dia para os leigos. O Dia Nacional dos Cristãos Leigos e Leigas é comemorado na Festa de Cristo Rei desde 1991.

Os fiéis leigos têm como vocação própria buscar o Reino de Deus, iluminando e ordenando as realidade temporais segundo Deus.

Leia mais:
.:Padre Sebastião fala sobre a missão de ser sacerdote
.:O casal, Diogo e Tiára, nos conta sobre a vocação matrimonial
.:Eu quero ser um pescador de homens, disse Irmão José Maria
.:Celibato: por que não?

banner the church

comentários