Dia Mundial de Combate ao Câncer

Câncer é símbolo de vitória, superação e fé na vida de Vinícius Mello

Confira o testemunho de Vinícius Mello que venceu um tumor cerebral

O Dia Mundial do Câncer acontece todo ano, no dia 4 de fevereiro, ou seja, a campanha é um momento de conscientização e de utilidade pública, que visa evitar milhões de mortes a cada ano.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), estima-se para o Brasil que, entre 2018 e 2019, surgiram cerca de 600 mil novos casos de câncer para cada ano. Essa doença é silenciosa e, muitas vezes, exige cuidados urgentes, por isso a prevenção do câncer engloba ações que ajudam a reduzir os riscos de desenvolver a doença.

Para aquelas pessoas que lutaram contra o câncer e o venceram, é uma vitória poder testemunhar que é possível sair vitorioso dessa doença. Assim como aconteceu com Vinícius Amaral Gonçalves de Mello, de 42 anos, da cidade de Niterói (RJ), que foi diagnosticado, em 2014, com um tumor na cabeça.

Conheça sua história de luta e vitória

cancaonova.com: Quando você descobriu o diagnóstico do câncer?

Vinícius Mello: Em 2014, tive uma convulsão dentro do shopping na minha cidade, Niterói (RJ), e fui levado diretamente para o hospital. Fiquei internado uma semana com acompanhamento.

cancaonova.com: Como você e sua família reagiram diante dessa notícia?

Vinícius Mello: É uma doença que gera descontrole emocional em toda a família. O diagnóstico veio por meio da ressonância magnética, que identificou um tumor de grau 2. O neurocirurgião informou que a cirurgia ocorreria com o tumor já no grau 3. No grau 3 fui diagnosticado com a biópsia identificada com oligodendoglioma grau 3 (um tipo de tumor cerebral).

cancaonova.com: Como foi o tratamento?

Vinícius Mello: Após três meses da cirurgia, comecei o tratamento de radioterapia e quimioterapia. Esses procedimentos foram realizados ao mesmo tempo. Foram 30 dias de radioterapia e seis meses de quimioterapia.

cancaonova.com: Onde encontrou forças e buscou ajuda para vencer essa doença?

Vinícius Mello: Busquei forças em Deus e na minha família. Eles são sempre muito importantes nesse momento.

Leia mais:
.: Aos que têm doenças incuráveis
.: O ser humano é livre para escolher ser mais que sua doença
.: Na batalha contra o câncer, aprendi a ganhar
.: O que não dizer para um pessoa com câncer

Promessa

cancaonova.com: Como surgiu a ideia de ir de moto para Jornada Mundial da Juventude no Panamá? Foi para pagar uma promessa?

Vinícius Mello: Sim, exatamente pagando uma promessa. Eu estava programando fazer o caminho de Santiago, mais conversando com Cristina, minha catequista de crisma, ela me passou dicas sobre a JMJ, e que já estávamos a seis meses do início da jornada.

Ia realizar minha peregrinação de moto, mas ela foi roubada. Após o roubo, tive de retornar para o Rio de Janeiro e começar a retirada de novo passaporte e a segunda via do comprovante da vacina da febre amarela, porque levaram a moto e todos os meus pertences. Eu não tinha como desistir, pois estava numa missão com Deus, pagando uma promessa. Então conversei com amigos da igreja, que me indicaram o site de ajuda vakinha.com; e com essa ajuda, eu consegui comprar a passagem aérea e continuar a missão.

A força da família e a fé em Deus

cancaonova.com: Qual é a mensagem que você deixa para as pessoas que estão enfrentando um câncer?

Vinícius Mello: Acreditem em Deus e entregue todos os seus sentimentos negativos ou descontrole emocional nas mãos d’Ele. Ter família e amigos verdadeiros por perto é um grande presente de Deus!

Por Alessandra Borges
Jornalista

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.