matrimônio

Quais valores norteiam a escolha de um companheiro de vida?

Um companheiro ideal, importante ou essencial?

Antes de me casar, eu idealizava muito sobre como me preparar para encontrar um namorado, companheiro. O tempo passou, casei-me há mais de cinco anos e, hoje, sugiro que falemos sobre como escolher seu marido. (Ou sua esposa, ou seja, meninos, podem continuar a leitura).

“Quem muito escolhe é escolhido.” Quem nunca ouviu essa frase?

-Quais-valores-norteiam-a-escolha-de-um-companheiro-de-vida

Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

É um tal de as pessoas apontarem quem está solteiro e ficarem fofocando sobre a vida afetiva, maldizerem com frases como essa acima ou o famoso: “Ficou pra titia”. Não é por isso, no entanto, que vamos nos jogar num relacionamento sem futuro, com uma pessoa que não corresponda às nossas expectativas. “Antes só do que mal acompanhado é um ditado muito verdadeiro!”

Precisamos equilibrar o que consideramos ideal, necessário, importante e essencial, pois há coisas das quais não podemos abrir mão, outras são supérfluas e podem ser contornadas e toleradas em um relacionamento. Exemplifico:

O ideal

Depende daquilo que você sonha, e tem relação com o mundo das ideias e com o que é construído socialmente. Aspectos físicos, como olhos claros, amendoados, nariz empinado, cabelos negros, barriga tanque. Isso pode ser o seu ideal de esposo (a), mas eu o desafio a perguntar para quem é casado se isso, realmente, é fundamental. Na prática, o aspecto físico da pessoa que você escolherá para a vida pode ser completamente diferente, pois isso não é a base do casamento, então, não tem problema se não acontecer. Se vier é lucro, caso contrário, não fará falta.

O importante

Finanças em dia. Não dá para se comprometer, para toda a vida, com uma pessoa que está sempre cheia de dívidas por ser consumista demais, que se descontrola nas compras, vive mantendo um padrão de vida que aperta demais as contas.

Isso não significa que você deve se casar com uma pessoa rica, com herança, nada disso! Mas buscar alguém que goste de trabalhar, que não tenha preguiça de acordar, diariamente, e buscar o seu melhor, alguém que tenha planos de crescimento, que espere crescer com você, que não fique só dependendo dos pais ou do cheque especial.

Vocês vão constituir uma casa, com suas próprias contas, e precisam entrar juntos nessa empreitada. Esse conselho aprendi com a minha mãe, e hoje dou graças a Deus por ter ao meu lado um homem que trabalha muito, assim como eu, e, consequentemente, nos permitimos ter uma vida confortável, sem dívidas impagáveis, pois sabemos exatamente onde e como podemos gastar.

Leia mais:
::Por que a prática do sexo antes do casamento é pecado?
::Sexualidade: entenda o seu verdadeiro significado
::Ter orgasmo é sinônimo de realização sexual?
::Ser solteiro é sinal de ter uma vocação mal sucedida?

O essencial

Case-se com alguém que você gosta de conversar. Tudo passa, mas o diálogo é a base de qualquer relacionamento. Pessoas com as quais se consegue desenvolver conversas inteligentes estão mesmo escassas, mas, sim, elas existem. Gente que fale mais do que um post nas redes sociais, que possibilite desenvolver um raciocínio acima de 140 caracteres, coerente, e que, além de ser bom de papo, escute você.

Uma pessoa que esteja disposto a compartilhar a vida com você, que vai saber construir, juntos, as empreitadas, por mais desafiadoras que elas pareçam. Ele não vai limitar você; ao contrário, vai ampliar seus horizontes de carreira e estudos, e no lar, se ambos assim o quiserem. Ele respeita suas opiniões e entende que não terá a última palavra em tudo, bem como vocês não precisarão concordar em tudo. Na tomada de decisão, alguém terá que ceder, às vezes ele, às vezes você.

O cara é maduro para perceber que se você precisa estar longe dele após o casamento, por um dia, uma semana, um mês ou semanas ou meses (sim, isso infelizmente pode acontecer e ser bem administrável por um tempo), o mundo não acaba por isso, o afeto não diminui nem o casamento é menos válido, ou vocês são menos família que quem acorda e vai dormir todo dia junto. Digo isso, pois, não raro, existem viagens de trabalho, problemas a serem resolvidos fora da cidade, e isso não significa que o casamento acabou – não para um homem maduro, que entende que a esposa é tão livre quanto ele.

Ele entende que você, agora, é a nova família dele, sem se esquecer de reservar espaço na agenda para os pais e por quem foi responsável pela criação dele. Esse cara tem outra característica essencial: não disputa a sua atenção. Sabe que, algumas vezes, o seu foco estará em outra situação, mas está certo de que o coração sempre está no lar do casal.

Reflita

Eu testemunho que já namorei muitos caras ideias, padrão-novela (como uma amiga baiana costumava dizer), mas em nenhum deles encontrava o importante e o essencial, só o ideal. Quando amadureci afetivamente, percebi que os padrões ideias divulgados pela modinha não trariam uma base sólida para o relacionamento, apenas algo momentâneo.

Você já refletiu sobre o que é ideal, importante e essencial na sua busca por alguém para amar?

No próximo texto, vamos continuar falando sobre os valores importante e essenciais para um relacionamento.


Mariella Silva de Oliveira Costa

Mineira , esposa, católica, feliz e amante de uma boa prosa. Jornalista, pesquisadora e professora universitária, é doutora em Saúde Coletiva (UnB), mestre em tocoginecologia (Unicamp), especialista em jornalismo científico (Unicamp) e graduada em comunicação social (UFV). Participa da RCC desde 1998 tendo atuado no Ministério Universidades Renovadas e no Ministério de Comunicação Social. Cofundadora do projeto Muitas Marias.com
Contato: mariellajornalista@gmail.com Twitter: @_mari_ella_

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.