Quem já não desejou namorar?

Quanta dificuldade temos que enfrentar quando no nosso coração começa surgir sentimentos antes desconhecidos… uma necessidade de partilhar nosso dia, nossas atividades, nossos mais profundos sentimentos, as alegrias e até mesmo partilhar nossas dificuldades e tristezas.

São momentos que começamos a identificar o nosso chamado para a definição de um estado de vida. Entretanto, para algumas pessoas, esse momento pode significar uma oportunidade para a fuga de problemas pessoais internos, de relacionamento familiar, da idade que se avança, o medo de se tornar um “titio” ou uma “titia” mesmo que esteja vivendo seus primeiros anos de uma vida adulta… Ou até mesmo significar uma pseudo-autonomia tentando ratificar sua independência face à vida.

Tudo isso poderá entrar em ebulição dentro desse caldeirão de emoções, se misturado em tempo nada oportuno com outras experiências, às quais ainda não estamos suficientemente maduros para administrá-las, como, por exemplo, a intimidade no relacionamento ou ainda a urgência na definição do estado de vida.

Diante de tantos pontos necessários para o discernimento maduro sobre as nossas emoções, temos a impressão que ainda mais difícil seria encontrar a pessoa com quem desejamos partilhar nossos momentos. Onde poderíamos encontrar nossa “cara-metade” entre tantas outras que estão vivendo os mesmos conflitos?

Deus não criou ninguém para a infelicidade e na sua sabedoria infinita, antecipou-se em preparar alguém para nos auxiliar, tais como: pais, sacerdotes, amigos e tantas outras pessoas dignas de confiança, registrando em suas vidas o “mapa” que irá nos orientar. Mirando-nos em seus exemplos e qualidades, poderemos traçar o perfil daquele que almejamos como futuro fiel depositário de nossos sentimentos.

“Que sabe aquele que não foi experimentado? O homem de grande experiência tem inúmeras idéias; aquele que muito aprendeu fala com sabedoria” (Eclo 34,9)

Sempre haverá alguém, por Deus instituído, que já tenha vivido o que estamos vivendo, estando sempre pronto a derramar toda a sua experiência para aqueles que vêm à procura.

Deus abençoe sua casa!


Dado Moura

Dado Moura trabalha atualmente na  Editora Canção Nova, autor de 4 livros, todos direcionados a boa vivência em nossos relacionamentos. Outros temas do autor estão disponíveis em www.meurelacionamento.net twitter: @dadomoura facebook: www.facebook.com/reflexoes

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.