A importância do diálogo

Namorar é dialogar. O diálogo é mais do que uma conversa; é um encontro de almas em busca do conhecimento e do crescimento mútuo. É pelo diálogo que o casal aprende a se conhecer, a se ajudar mutuamente, a corrigir as suas falhas, a vencer as dificuldades, a cultivar o amor e se unir cada vez mais.


Ouça comentários do autor.


O amor tem muitas faces: a compreensão, a aceitação do outro, o perdão, a busca da verdade, a paciência, a sinceridade, a fidelidade, a bondade, e tudo o que faz o outro crescer. O amor, para ser forte e vivo, deve ser renovado a cada dia com expressões e gestos sinceros.

Você deve conquistar o outro a cada dia! Ser fiel ao outro não quer dizer apenas não ter outro parceiro; é muito mais do que isso, é ser verdadeiro em tudo. Não ser fingido, mascarado, mas, autêntico, sincero. Totalmente transparente.

Lembre-se do que afirmou o pequeno príncipe: “O essencial é invisível aos olhos” e “Só se vê bem com o coração”. São Paulo nos recorda que o material é terreno e passageiro, mas o espiritual é eterno. Tudo o que você vê e toca pode ser destruído pelo tempo, mas o que é invisível aos olhos está apegado ao ser da pessoa e nada pode destruir. Esse é o verdadeiro valor. A beleza do corpo dela (e) hoje, amanhã, não existirá mais quando o tempo passar e os filhos crescerem… mas aquilo que está no “ser” dele ou dela ficará sempre, e é isso que dará estabilidade ao casamento e garantirá sua felicidade duradoura, da sua família e dos filhos.

O namoro é o tempo de conhecer o coração do outro, e não o seu corpo; é o momento de explorar a sua alma, e não o seu físico. Guarde bem isso, e bom namoro!

Outros artigos sobre Namoro

Webcards especial para o Dia dos Namorados. Escolha o seu e envie!

Participe da Promoção Dia dos Namorados


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.