Retiro popular: 4ª Semana - Vida em Comunhão

Quarta Semana Vida em Comunhão

Oração da manhã

Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. Amém.
Eu vos adoro, meu Deus, e vos amo de todo o coração. Dou-vos graças por me terdes criado, feitocristão e conservado nesta noite. Humildemente vos agradeço todos os benefícios que me concedestes.
Estou pronto para ajudar-vos na construção de uma humanidade mais feliz, na construção do vosso Reino de Amor e de Paz.
Ofereço-vos todas as ações deste dia: fazei que sejam todas segundo a vossa santa
vontade, para a vossa maior glória. Esteja sempre comigo a vossa graça e com toda a minha família. Defendei-me do pecado e de todo o mal. Amém.

Reze o Credo, o Pai-Nosso, a Ave-Maria e o Glória ao Pai.

Leia os textos da Palavra de Deus que são proclamadas a cada dia na Santa Missa. Escolha uma frase para viver durante o dia.

Leituras: 2Cr 36, 14-16.19-23 – Sl 136 (137), 1-2.3.4-5.6 (R/. 6a) – Ef 2, 4-10 – Jo 3, 14-21

Nosso Retiro Popular encontra seu momento mais forte na Oração com a Bíblia. Chamamos de “Meditação” este tempo precioso escolhido para cada dia. Você verá que tudo o que faz começa a adquirir mais sentido, porque aprendemos, pouco a pouco, a colocar à disposição de Deus os fragmentos de nossa vida, sabendo que, qual excelente artista, fará de cada dia uma obra de arte.

Se quiser, siga o método da Leitura Orante da Palavra de Deus, ou Lectio Divina:

1) Leitura – O que o texto diz?;
2) Meditação – O que o texto me diz?;
3) Oração – O que digo a Deus com este texto?;
4) Contemplação – Fazer silêncio diante de Deus, contemplando sua obra no mundo, na Igreja e em sua vida;
5) Faça um propósito de vida nova, com a luz da Palavra de Deus.

Meditação

O Retiro Popular é um tempo de formação. Nesta semana, queremos aprender e rezar, auxiliados pelo Documento de Aparecida. Depois de refletir sobre o Encontro com Jesus Cristo, a Conversão e o Discipulado, o processo de formação cristã nos leva ao tema da Comunhão:

“Não pode existir vida cristã fora da comunidade; seja nas famílias, nas paróquias, nas
comunidades de vida consagrada, nas comunidades de base, outras pequenas comunidades e movimentos. Como os primeiros cristãos, que se reuniam em comunidade, o discípulo participa na vida da Igreja e no encontro com os irmãos, vivendo o amor de Cristo na vida fraterna solidária. Ele também é acompanhado e estimulado pela comunidade e seus pastores para amadurecer na vida do Espírito” .

Deus não nos chamou ao isolamento e ao individualismo, mas a participar de sua vida, vida trinitária! Que os textos da Escritura e as indicações do Documento de Aparecida sejam luz para seu retiro nesta quarta semana da Quaresma.

Termine seu retiro do dia acompanhando as orações para a 4ª semana

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.