"Eu vos dou um novo mandamento"

Na véspera da festa da Páscoa, Jesus, por saber que havia chegado a Sua hora de voltar para o Pai e que este era o momento do supremo amor, pois Ele mesmo “tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim” (cf. Jo 13,1), durante a Santa Ceia lavou os pés dos discípulos e instituiu a Eucaristia.

A Igreja, com o mesmo amor de Jesus pelos homens, celebra na Quinta-feira Santa o mistério da instituição da Eucaristia e realiza novamente a cerimônia dos lava-pés. Para entender o que significa esse belo sinal de Cristo, precisamos voltar ao tempo e entender a cultura judaica. Todo aquele que se sentava à mesa, tinha que passar pelo rito da purificação exterior, caracterizado pelo ato de lavar-se. Normalmente esse gesto era realizado pelos servos.

Quando Jesus se despojou de Suas vestes e colocou o manto dos servos para lavar os discípulos já causou grande espanto, o primeiro gesto do Rei que se despoja de Seu manto glorioso e se rebaixa como servo. Pedro, assustado a princípio, queria impedir o Senhor de realizar tal ato, mas foi exortado imediatamente por Ele, não lhe restando outra atitude a tomar a não ser a de suplicar ao Mestre que não apenas lavasse os seus pés, mas sim, todo o seu corpo.

Jesus purifica os discípulos por meio de Suas palavras e gestos, assim, nós somos chamados a entrar com Ele em Seu mistério, e purificados pelo Senhor, mudar toda a nossa forma de existir e de pensar, nos colocando a partir disso como servos dos homens.

A Sagrada Eucaristia é o sacramento em que Jesus entrega o Seu Corpo e o Seu Sangue – Ele próprio, por nós, para que também nos entreguemos a Ele em amor e nos unamos a Ele na Sagrada Comunhão. É o próprio sacrifício do Corpo e do Sangue do Senhor Jesus, que Ele instituiu para perpetuar o sacrifício da cruz no decorrer dos séculos até o Seu regresso, confiando assim à Sua Igreja o memorial da Sua Morte e Ressurreição. É o sinal da unidade, o vínculo da caridade, o banquete pascal, em que se recebe Cristo, nossa alma se enche de graça e nos é dado o penhor da vida eterna.


Solenidade da Ceia do Senhor e Lava-pés com padre Paulo Ricardo


 

Portanto, a Eucaristia é um memorial no sentido que torna presente e atual o sacrifício que Cristo ofereceu ao Pai, uma vez por todas, na cruz, em favor da humanidade. O carácter sacrificial da Eucaristia manifesta-se nas próprias palavras da instituição dela: “Isto é o meu corpo, que vai ser entregue por vós” e “este cálice é a nova aliança no meu sangue, que vai ser derramado por vós” (Lc 22,19-20). O sacrifício da cruz e o sacrifício da Eucaristia são um único sacrifício. Idênticos são a vítima e Aquele que oferece, diverso é só o modo de oferecer-se: cruento na cruz, incruento na Eucaristia.

A Igreja participa do Sacrifício Eucarístico de forma direta, pois, na Eucaristia, o sacrifício de Cristo torna-se também o sacrifício dos membros do Seu Corpo. A vida dos fiéis, o seu louvor, o seu sofrimento, a sua oração, o seu trabalho são unidos aos de Cristo. Enquanto sacrifício, a Eucaristia é também oferecida por todos os fiéis vivos e defuntos em reparação dos pecados de todos os homens e para obter de Deus benefícios espirituais e temporais. A Igreja do céu está unida também à oferta de Cristo.

Jesus Cristo está presente na Eucaristia de um modo único e incomparável. De fato, está presente de modo verdadeiro, real, substancial: com o Seu Corpo e o Seu Sangue, com a Sua Alma e a Sua Divindade. Nela está presente em modo sacramental, isto é, sob as Espécies Eucarísticas do pão e do vinho, Cristo completo: Deus e homem.

Comecemos desde já a pedir ao Espírito Santo que nos prepare para podermos entender cada expressão e cada gesto de Jesus Cristo, a fim de entrarmos em comunhão com Ele e, assim, colocarmos toda a nossa existência a Seu serviço, lavando os pés dos irmãos e tendo uma vida de profundo amor pela Eucaristia, na certeza de que o Senhor, naquela noite, não nos deixou um símbolo, mas a própria realidade: Ele mesmo, sob as espécies do pão e do vinho.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.