Com Maria, discípulos e missionários!

“Fazei tudo o que Ele vos disser” (João 2,5b).

Neste mês tão especial em que vamos celebrar na Vigília de Pentecostes a grande festa de Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos, somos todos convidados a voltar o nosso olhar para Cristo, o Senhor da nossa vida e da nossa história. Pois, Maria sempre nos conduz a Jesus. Toda celebração mariana é essencialmente Cristocêntrica. Jesus sempre foi e sempre será o centro de tudo e de toda ação eclesial. Ao destacarmos a devoção mariana nas homenagens que ofertamos a Nossa Senhora, imediatamente nos encontramos com Ele. Ao contemplar a vida de Maria, cada cristão ouve a sua voz que sempre o impulsiona: “fazei tudo o que Ele vos disser” (Jo 2,5b).

Estamos vivendo um tempo de festa. Bem nos disse o Santo Padre o Papa Bento XVI, logo na sua chegada em São Paulo, do balcão do Mosteiro de São Bento: “A Igreja está em festa”! Estamos em festa, porque tivemos a 43ª Assembléia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que elegeu Dom Geraldo Liryo da Rocha o seu Presidente para os próximos quatro anos de evangelização, com renovado ardor missionário. E foi com grande alegria e emoção que a cidade de São Paulo e o Brasil inteiro receberam a visita pastoral do Sucessor de Pedro que trouxe em suas mensagens, atenção e presença paternal, a confirmação na fé e a necessidade de continuarmos sendo testemunhas vivas do amor de Deus, defendendo a vida e a família e motivando a juventude a se espelhar em Jesus na busca da felicidade.

As palavras do Sumo Pontífice continuarão ecoando em nossos ouvidos e em nosso coração, sobretudo, quando ele nos diz que é preciso ter alegria, entusiasmo e responsabilidade. E o motivo de estarmos em festa continua, porque estamos acompanhando a V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e Caribenho, que seguramente, trará novas luzes em nossa ação missionária e apostólica. As conclusões desta V Conferência Geral nos indicarão meios para que continuemos mostrando ao mundo e à humanidade que Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida para todos. E que é somente n’Ele que teremos vida em abundância!

Diante de tudo isso, a nossa reflexão se volta para Maria, a Mãe de Jesus e nossa. O nosso coração se abre para Ela, a Mulher do Cenáculo, a Rainha dos Apóstolos. Os devotos de Nossa Senhora sempre terão motivos para reconhecer n’Ela um modelo de discipulado e de missão. A Santíssima Virgem, – como modelo de discipulado –, nos ensina que é preciso ouvir e entender a voz de Deus. E mais do que isso: nos ensina que é urgente dizermos “sim” ao chamado de Deus.

Maria é a discípula que tudo observa, estando atenta às necessidades de todos. Maria é aquela que serve com alegria, indo ao encontro daqueles que precisam de socorro, assim como o fez ao se dirigir à casa de sua prima Isabel. Maria é também modelo de missionária. Pois, ao receber, pela ação do Espírito Santo, o Senhor em seu ventre virginal, e ao dar à luz o Salvador, levou-O no Templo ao velho Simeão, com o intuito de mostrá-Lo para o mundo todo!

Que este mês, tão abençoado e repleto da graça de Deus, nos impulsione a nos envolvermos ainda mais com Cristo e com a Sua Igreja. E com Maria, sejamos, dia por dia, mais discípulos e mais missionários. E que não tenhamos medo e nem preguiça de anunciar Jesus e a Boa Nova do Evangelho, que pode transformar a nossa vida e a vida de tantas outras pessoas.

Que Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos, rogue a Deus por nós e pela nossa família, para que – inflamados pelo Espírito Santo e cheios da graça e da bênção de Deus – continuemos reavivando a fé e reacendendo a caridade por onde passarmos e no meio de todas as pessoas.

comentários