Dom da Escuta

Por que temos dificuldades para ouvir Deus?

Os desígnios de Deus são plenos de felicidade para a vida de cada um de nós

Enquanto revejo minha vida, em dias de descanso, percebo que há dez anos eu não fazia a mínima ideia de como as coisas iriam acontecer para eu estar onde estou nem como estou hoje. No entanto, percebo também que, infelizmente, continuo iludida de que tenho o controle de minha própria vida.

Por que temos dificuldades para ouvir Deus?
Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Gosto de tomar as decisões segundo meus objetivos e busco sempre a vitória em tudo que faço. Mas, enquanto estou ocupada com meus interesses, torno-me insensível à ação do Espírito de Deus em mim, o qual me mostra direções quase sempre bem diferentes das minhas.

Como faz bem parar um pouco e dar espaço ao silêncio e à solidão em nossos dias!

Leia mais:
:: Como iniciar uma vida de oração
:: Benefícios da vida de oração
:: Como retomar a vida de oração?
:: A oração que tem transformado a vida dos homens

Voz suave

Quando nos permitimos ouvir a voz de Deus, Ele nos faz conscientes de Suas inspirações divinas. Seu Espírito é calmo e sereno como uma voz suave ou uma ligeira brisa. O Senhor não grita nem empurra, mas respeita nosso processo e anseia pelo momento certo de falar ao nosso coração. Mas por que temos tanta dificuldade em ouvi-Lo? Existem algumas razões, destaco duas: medo de sermos conduzidos para situações e lugares diante dos quais julgamos que vamos perder nossa liberdade ou, talvez, porque pensamos em Deus como um inimigo que exige de nós algo que julgamos não ser o melhor para nós, ou seja, ainda não confiamos plenamente no Seu amor de Pai.

Deus é amor e só deseja nos guiar para lugares onde os anseios mais profundos do nosso coração possam ser satisfeitos.

Recordo-me de uma época em que eu estava bastante sofrida com o fim de um relacionamento, mas hoje percebo que não havia nada para dar certo. Lembro-me de que, numa manhã, entrei na capela para fazer adoração ao Santíssimo Sacramento, como faz parte da nossa espiritualidade na Canção Nova – comunidade católica à qual pertenço -, e lá encontrei uma amiga. Conhecendo minha dor, ela dispôs-se a rezar por mim.

Desígnios de felicidade

Durante a oração, Deus deu a ela uma palavra, a qual foi proclamada com autoridade sobre a minha vida. A palavra é essa: “O Senhor tem para ti “. A Palavra parecia contraditória para o momento, mas eu a acolhi e passei a rezar com ela. Durante muitos dias, em meio às lágrimas, eu dizia diante do Santíssimo: “O Senhor tem para mim desígnios de felicidade. Meu Deus, eu não vejo nada, mas eu creio!” Hoje, compreendo, ao menos em parte, o que Deus estava me dizendo com aquela passagem da Sagrada Escritura, e só posso testemunhar que Seus desígnios são realmente plenos de felicidade para a vida de cada um de nós. Ele não exclui, já neste mundo, as lágrimas e as dores próprias do crescimento, mas tem o melhor para nossa vida e quer nos conduzir até lá, porque o Senhor é amor e o amor só deseja o bem.

Vida de oração

Muitas vezes, nem nós mesmos sabemos o que realmente queremos; somos, na verdade, levados por nossos sentimentos feridos, nossa cobiça ou impulsos humanos, e partimos do ponto de vista errado de que esses sentimentos nos dizem o que realmente queremos. Mas Deus vai além dos sentimentos, Ele nos conhece por inteiro, sonda-nos por completo como diz o Salmo 138 e quer nos conduzir sempre pelos caminhos eternos.

Hoje, tenhamos a coragem de ouvir a suave e calma voz de Deus que nos diz: “Não tenha medo de deixar de lado a necessidade que você sente de controlar a sua própria vida. Deixe que eu preencha os vazios mais profundos do seu coração. Eu tenho também para você desígnios de felicidade”.

Confiemos, portanto, no amor misericordioso de Deus, que é Pai e não nos abandona jamais. Ele é fiel cumpridor das Suas promessas.

Estamos juntos! Rezo por você.

 

Quando só Deus é a resposta


Dijanira Silva

Missionária da Comunidade Canção Nova, desde 1997, Djanira reside na missão de São Paulo, onde atua nos meios de comunicação. Diariamente, apresenta programas na Rádio América CN. Às terças-feiras, está à frente do programa “De mãos unidas”, que apresenta às 21h30 na TV Canção Nova. É colunista desde 2000. Recentemente, a missionária lançou o livro “Por onde andam seus sonhos? Descubra e volte a sonhar” pela Editora Canção Nova.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.