Rompendo com a solidão

Neste tempo em que vivemos, percebemos o quanto as situações do nosso dia-a-dia, vêm nos abatendo. Tenho encontrado com pessoas que já estão sem vontade de viver.

Hoje, são cerca de 400 milhões de pessoas do mundo inteiro que sofrem de depressão. Mas, hoje, quero convidar você a experimentar esta vida nova que Deus nos dá.

No evangelho de São João o Senhor nos diz: “O ladrão não vem senão para furtar, matar e destruir. Eu vim para que as ovelhas tenham vida e para que a tenham em abundância”. (Jo 10:10).

Esta palavra do Senhor vivifica nossa alma, pois veja, Ele veio para nos dar a vida em abundância, e não uma vidinha medíocre. Assuma esta palavra para sua vida. Você é precioso(a) para Deus. Quero orar com você hoje, pedindo ao Senhor Jesus que possa tocar no seu coração, tirando todas as trevas, toda mágoa, todo ressentimento. Porque muitas vezes a raíz da depressão pode estar nestas mágoas, nos seus traumas que você foi entulhando no seu coração. Abra-se à graça da cura. Seja como aquele centurião que clamou pela cura de seu servo, que estava totalmente debilitado. Leia esta passagem.

“Entrou Jesus em Cafarnaum. Um centurião veio a Ele e lhe fez esta súplica:
‘Senhor, meu servo está em casa, de cama, paralítico, e sofre muito’. Disse-lhe Jesus: ‘Irei e o curarei’. Respondeu o centurião: ‘Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha casa. Dizei uma só palavra e meu servo será curado’.”
(Mt 8 5-8).

Quando Jesus diz que curaria o servo, o centurião não se acha digno desta graça imediata. Suas palavras são: “Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha casa. Dizei uma só palavra e meu servo será curado.” Jesus consegue tocar o coração do centurião somente com Seu amor. Pois com o poder do Seu amor, Ele quebra toda a resistência que criamos por natureza, devido ao nosso pecado original.

“Nós conhecemos e cremos no amor que Deus tem para conosco. Deus é amor, e quem permanece no amor permanece em Deus e Deus nele”. (1Jo 4:16).

Que carta maravilhosa essa de São João. Nosso pastor, o Papa Bento XVI, na sua primeira encíclica nos diz: “Deus foi o primeiro a amar-nos (cf. 1 Jo 4, 10), agora o amor já não é apenas um « mandamento », mas é a resposta ao dom do amor com que Deus vem ao nosso encontro num mundo em que ao nome de Deus se associa às vezes a vingança ou mesmo o dever do ódio e da violência. Esta é uma mensagem de grande atualidade e de significado muito concreto. Por isso, na minha primeira Encíclica, desejo falar do amor com que Deus nos cumula e que deve ser comunicado aos outros por nós.”

Quero lhe dizer meu irmão, minha irmã, que você é um amado, uma amada de Deus. Deus o(a) ama na condição em que você se encontra agora. Ele lhe diz que você é mais que vencedor(a).

Olhe para Cruz e veja a vitória do Senhor sobre sua vida. Ele lhe diz: “Dê a mim tudo que eu nunca daria a você: o pecado. Redimi seus pecados. Pois as feridas que você tem é que lhe causam tristeza.” Mas Jesus pode o(a) curar. Você crê? Quer fazer a experiência deste amor, desta graça? Ore comigo!

“Senhor Jesus, quero apresentar-me nesta condição em que estou agora… (diga como você se sente). Senhor, creio no Seu amor por mim, sei que me ouve. E quero fazer esta experiência do Seu amor. Pois o Senhor pode restaurar minha vida. Senhor, confesso-Lhe meus pecados, reconheço que sou pecador(a), por isso transforma-me. Eu O aceito como o único Senhor da minha vida. Realiza o milagre na minha vida. Cura meu coração, liberta–me da depressão, dos meus medos, traumas….
Decido-me a procurar um sacerdote para me confessar. Pois acredito em Seus ministros, naqueles que o Senhor nos confiou como médicos das almas.

Eu assumo minha condição de filho(a) de Deus. Quebra todas as maldições que possam ter sido lançadas sobre minha vida, sobre minha família, amigos…
Obrigado(a), Senhor, por Seu amor, Sua graça, pois sei que já está realizando maravilhas em minha vida”.

A Palavra de Deus é certa. Jesus nos disse: “Pedi e se vos dará. Buscai e achareis. Batei e vos será aberto”. (Mt 7,7). Você vai perceber maravilhas na sua vida. Testemunhe.
Quero partilhar com você as maravilhas que Deus fará em sua vida. Aguardo seu testemunho!

Com Cristo!

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.