O segredo dos fortes

Às vezes me pego pensando nos tempos conturbados que temos vivido. Quanta poluição espiritual, quantos ataques à fé, quantas pessoas, que eram firmes, de frente, se perdendo pelo caminho… E me pergunto: o que tem acontecido? Parece que as pessoas, a cada dia que passa, têm se enfraquecido mais e mais! Tenho chegado à conclusão de que muitos estão se perdendo porque perderam o sentido da vida cristã, porque deram brechas para o esfriamento, e principalmente, deixaram de orar. A oração é o segredo dos fortes!

Se nós fizermos um passeio pela Sagrada Escritura, veremos que desde Abraão até os relatos dos cristãos primitivos, nos Atos dos Apóstolos, a oração foi o fio condutor para que esses homens e mulheres perseverassem até o fim. Vencessem nos momentos difíceis e de tribulação e nunca abandonassem a Deus. São homens e mulheres de uma fortaleza impressionante e edificante. Abraão, o nosso pai na fé, estava em oração quando ouviu o Senhor lhe dizer: “Sai da tua terra, do meio dos teus parentes, da casa de teu pai, e vai para a terra que Eu te vou mostrar. Farei de ti uma grande nação e te abençoarei” (Gn 12, 1-2).

Ele obedeceu à voz de Deus e foi sem medo porque orava, e porque orava, acreditava. Ele já não era um menino quando Deus lhe deu essa ordem em oração; porém, a vida desse homem de Deus foi renovada pelo Altíssimo exatamente por ser um homem de oração, e a partir daí, experimentou o milagre e o cumprimento da promessa. Abraão experimentou uma renovação espetacular em sua vida, e nunca envelheceu, pois Deus o renovava pela oração.

Será que o seu milagre e o cumprimento da promessa ainda não aconteceram na sua vida por que você ainda não está orando o suficiente? Talvez você ainda não tenha colocado Deus em primeiro lugar em sua vida, e está vivendo como um velho ou uma velha. Só por meio da oração o Senhor pode renová-lo e lhe dar a jovialidade espiritual!

A oração é o grande sinal de que Deus está em primeiro lugar na vida dos cristãos. Se não oro e não organizo meu tempo para orar, é sinal de que Deus ainda não é o primeiro, mas sim, o trabalho, a família, o lazer, a TV, etc.

Moisés estava sempre atento a Deus e em oração, ao pastorear suas ovelhas, o Senhor apareceu-lhe na “sarça ardente” (cf. Ex 3). Desse dia em diante, nunca mais a vida desse homem foi a mesma: ele falava com Deus face a face. Tudo isso por intermédio da oração. Veja como um homem de oração é instrumento de libertação para tantas pessoas! Além de experimentar o frescor de Deus na sua vida, pela experiência de oração, Moisés foi canal de libertação para todo o povo de Deus que estava escravo no Egito.

Eu preciso dizer a você, que agora está lendo essa palavra de poder: a libertação da sua casa, da sua família de toda escravidão que ela vive, está na sua decisão de ser uma pessoa de oração e perseverante na graça de Deus! Posso testemunhar o quanto Deus tem feito em mim e por mim pela força da oração e pela minha perseverança numa vida de oração intensa. Citei dois homens de Deus, Abraão e Moisés, porém, a Bíblia está cheia de mulheres e homens que fizeram uma experiência profunda na oração e, a partir disso, tiveram suas vidas transformadas e foram canais de transformação para muitos. Podemos citar Josué, Elias, Eliseu, Débora, Suzana, Rute, Misac, Sidrac, Abdênago, Pedro, Paulo, Silas, e tantos outros, que nos mostram o quanto a oração alcança milagres, e mesmo nos momentos difíceis, dá-nos a graça da superação.

Não pense que a vida dos homens e das mulheres da Bíblia foi fácil, pelo contrário, sofrerem horrores, e pela força da oração saíram vitoriosos em todas as realidades. Eles estavam com Deus em oração e Deus tinha liberdade de atuar na vida de cada um e por meio de cada um.
Se você precisa de um milagre, ore! Se você está vivendo problemas financeiros, ore! Se a sua luta é contra a tentação, ore mais ainda! Se é a sua família que tem sido assolada pelo diabo, ore com muita força e intensidade! Se você sofre alguma injustiça, busque a oração! Se você hoje sente vontade de abandonar tudo, avalie-se e veja se você tem orado o suficiente para estar imunizado diante das ofertas do mundo.

Nos dias em que vivemos, só permanecerá no caminho de Deus quem orar e orar com intensidade e perseverança. O Eclesiástico nos ensina que quando entramos para o caminho do Senhor temos de preparar nossa alma para a provação, para as batalhas, e há um conselho precioso neste texto: “Mantém o teu coração firme e sê constante, inclina teu ouvido e acolhe as palavras inteligentes, e não te afobes no tempo da contrariedade. Suporta as demoras de Deus, agarra-te a Ele e não o largues, para que sejas sábio em teus caminhos”. Esse texto nos traz palavras certeiras: “mantém o coração firme e sê constante”, manter o coração no Senhor e nos propósitos do início; “sê constante”, essa constância é na oração, ou seja, orar todos os dias, sem esmorecer na vida de oração.“Agarra-te a Ele e não o largues” – agarrar-nos ao Senhor na oração, buscá-Lo a todo instante! Eis o segredo da perseverança e da conquista das vitórias e milagres de Deus: permanecer firme e constante na oração, estar agarrado a Deus! Esse é o segredo dos fortes!

Estamos unidos!
Conte comigo e com minhas orações!



Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.