Comunhão com Deus

Alimentemo-nos de Jesus Cristo!

Começo esta breve reflexão citando uma passagem dita por Jesus Cristo em João 6,35: “Eu sou o Pão da Vida. Quem vem a mim não terá mais fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede”.

O primeiro passo do verdadeiro cristão é o reconhecimento de que sempre andamos famintos, e até digo mais, andamos desnutridos, mas não falo em fome e desnutrição física, e sim de fome e desnutrição espiritual. E um dos primeiros males gerados pela fome é a fraqueza. Por isso, reconhecer-se fraco é, acima de tudo, colocar-se, humildemente, na presença de Deus e falar: “Senhor, sozinho eu não consigo! sozinho eu não posso! Se chegarmos ao ponto de acharmos que somos sempre fortes e que sozinhos conseguiremos nos manter de pé, estamos deixando nosso orgulho falar mais alto do que a vontade de Deus em nossas vidas. Portanto, antes de mais nada, assumamos e reconheçamos, somos fracos!

Nós fomos criados por Deus e assim, portanto, fomos criados para vivermos em comunhão com Deus, sendo assim, quando nos afastamos de d’Ele, nós ficamos fracos. E para piorar, o mundo de hoje está cheio de “falsos alimentos”, os quais nos levam para longe de Deus e para uma grande desnutrição espiritual. Falsos alimentos que contaminam nossos olhos, nossos ouvidos, nossas bocas, nossos corações e por ai vai. Prazer por prazer, vícios (drogas, bebidas, internet, orgulho, egoísmo, etc), imoralidades contra nossas famílias, contra nossa igreja e, acima de tudo, imoralidades que ofendem nossa fé cristã!

Jesus sempre está ao no nosso lado

Porém, Jesus não nos deixou sozinho nesse mundo. Ele não virou as costas para você e para mim, Ele não disse: ‘Vire-se sozinho! Pelo contrário, como citado na passagem acima, Jesus deixa bem claro: “Eu sou o Pão da Vida e quem vem a mim não terá mais fome”. Jesus por sua imensa paixão por todos nós se fez pão para matar a fome espiritual de todos aqueles que tinham fome. E hoje ainda Jesus continuar se fazendo pão para todos nós, para que n’Ele encontremos forças para viver com alegria e para suportar todas tribulações, as tempestades e dificuldade que o mundo nos impõe.

Leia mais:
.: A Eucaristia é o início de uma vida de comunhão com Deus
.: Os benefícios da Eucaristia para a vida interior
.: Como ter um modo de vida pautado na oração?
.: Seguir Jesus Cristo é escolher trilhar um caminho que gera vida

Somente nos alimentando de Jesus Cristo por meio da Eucaristia encontraremos forças para lutar, para sorrir em meios às adversidades! Portanto irmão, se hoje você se encontra fraco, desanimado e desacreditado da vida, essa sua fraqueza pode ser “fome de Jesus”, não adianta ficar se alimentando de “falsos alimentos”, alimente-se do verdadeiro alimento que fortifica: Jesus Cristo! Nossa força se encontra em Jesus Cristo, por isso procure ter uma vida de comunhão frequente, com tantas ciladas do inimigo, a comunhão dominical hoje é pouco, procure receber a Eucaristia mais de uma vez por semana, faça da Eucaristia seu verdadeiro alimento, sua rocha, seu sentido, seu caminho, pois Jesus foi claro em dizer: “Quem vem a mim não terá mais fome!”

Que a paz de Senhor Jesus Cristo e o amor de nossa Mãe Maria esteja sempre presente eu seu coração!

Alexandrius de Moraes Barbosa – adems_9@yahoo.com.br
Coordenador Pastoral da Comunicação
Paróquia Nossa Senhora Aparecida – Tarabai (SP)
www.iparoquia.com/nsaparecida

comentários