Se Deus é por nós, quem será contra nós?

Essa frase sempre me intrigou, porque eu ficava me perguntando: “Como o sofrimento, a dor, a perda… podem concorrer e contribuir para o bem dos que amam a Deus?”.

Eu imaginava que para os amados de Deus só haveria festa, contentamento, alegria, ausência de problemas. Só que tenho descoberto uma coisa: a paz que Deus nos dá não é a ausência de dificuldades, mas a certeza de vitória no meio da dificuldade. O que leva um soldado a continuar lutando, mesmo vendo seus companheiros serem mortos ao seu lado, é uma certeza de que ele vai vencer, certeza esta que se confunde com esperança. Se ele acreditasse que seu exército iria perder não faria sentido lutar.

Com o cristão acontece mais ou menos da mesma forma: ele sofre, chora, sorri, se cansa, recobre as forças e começa a lutar novamente, mas não desiste, porque Deus deu uma certeza e como “em Cristo somos mais que vencedores”, a vitória é certa; é Deus quem a garante.

Quando aprendemos a aceitar as situações com os olhos de fé, conseguimos ver além do sofrimento e enxergarmos lá na frente a vitória que o Senhor já nos deu.

Conta-se que um garoto estava brincando e começou a observar uma pequena formiga carregando um grão de arroz em suas costas; decidiu, então, ver até onde essa formiga iria com a sua coragem. Observou que logo ali na frente havia um obstáculo, aparentemente invencível para ela: era um pequeno muro, mas que, para ela se tornou o maior desafio de sua vida.

– “O que farei?” – pensou a formiga. “Será que devo abandonar o grão de arroz e subir sem ele? Assim será mais fácil!! Ah! Mas eu cheguei até aqui e logo depois do muro já fica a minha casa. Já sei! Não vou desistir! Vou levar o grão em minhas costas sim!”

Então o garoto ficou observando a persistência daquela formiga. Na primeira vez ela acabou escorregando e caindo. Isso se deu por várias vezes. E o garoto ficou observando quando ela iria desistir. Mas depois de cair 69 vezes, a formiga quis dar mais uma chance, pois acreditava que iria conseguir. E, finalmente, na 70ª tentativa, ela foi vencedora e alcançou seu objetivo.

Também nós, cristãos, não podemos desistir diante dos obstáculos da vida; precisamos crer que seremos vencedores e seguir em frente. Afinal, como o garoto observava a formiga e acabou aprendendo com ela, também há muitas pessoas que nos observam e precisam de nosso exemplo para também superarem suas dificuldades.

Seja corajoso e viva todas as situações com fé no Senhor, pois de fato, “tudo concorre para o bem dos que amam a Deus!”.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.