São Gregório Magno

Santo Agostinho, Santo Ambrósio, São Jerônimo e São Gregório são os grandes Doutores da Igreja Católica, onde hoje celebramos a Memória deste Magno de Cristo. São Gregório I nasceu em Roma no ano 540 numa família nobre que muito o motivou a vida Pública.

Gregório chegou a ser um ótimo prefeito de Roma, pois era desapegado dos próprios interesses, fruto da renúncia de si mesmo, tanto assim que vendeu tudo o que tinha para auxiliar os pobres e a Igreja. São Bento exercia forte atração na vida de Gregório, por isso além de ajudar a construir muitos mosteiros, o próprio entrou para a Religiosa vida de ora et labora (oração e trabalho).

Homem certo, no lugar certo e na certa, este foi Gregório que era alguém de senso de dever, de medida e dignidade, além de intensa vida interior, a qual se percebe quando escreve sobre o “ideal do pastor”: “O verdadeiro pastor das almas é puro em seu pensamento… Sabe aproximar-se de todos, com verdadeira caridade. Eleva-se acima de todos pela contemplação de Deus”. Com a morte do Papa da época, São Gregório foi o escolhido para “sentar” na Cátedra de Pedro, e assim chefiar com segurança a Igreja num tempo em que o mundo romano passava para o mundo medieval.

São Gregório Magno, Papa e Doutor Igreja que entrou no Céu com 65, deixou marcas em todos os campos, vale lembra na Liturgia a o canto Gregoriano, o qual eleva os corações ao Deus que é fonte de toda santidade.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.