Sabe qual é o seu Problema?

‘Vinde a mim, vós todos que estais aflitos e sobrecarregados sob o peso do fardo, e eu vos aliviarei. Tomai meu jugo sobre vós e recebei minha doutrina, porque eu sou manso e humilde de coração e achareis o repouso para as vossas almas. Porque meu jugo é suave e meu peso é leve.’ (Mt 11, 28-30).

Graças a Deus, o Senhor Jesus nunca é pego de surpresa pelas tempestades da sua vida. Por mais repentina e dolorosa que seja a tribulação a que você é submetido, Ele já reservou uma promessa para o consolar em cada dia de dificuldade. E hoje Ele deseja falar a você que tem se sentido cansado, sobrecarregado debaixo de muitos fardos. Hoje este convite é para você que está aflito e passando por dias de esgotamento: ‘Vinde a mim’.

Querido irmão, se até agora você não sabia para onde ir, se não sabia a quem se dirigir para partilhar o peso de tantas dificuldades, aceite este convite do Senhor e vá a Ele, neste momento, em oração:

‘Senhor Jesus, estou aqui porque me chamaste. Não sei mais para onde ir nem a quem recorrer, pois não há homem algum que possa me dar palavras de conforto em meio a estes problemas que tenho vivido. Eles têm me esgotado e sobrecarregado, Senhor, mas aceito teu convite e desejo o descanso que me prometeste. Fala ao meu coração, Jesus, e alivia o cansaço da minha alma’.

Jesus já detectou o motivo do seu cansaço. Sim, é verdade! Ele percebeu que você está sobrecarregado, ou seja, está carregando um peso maior do que pode suportar. Por isso ele propõe a você uma solução: ‘tomai o meu jugo…que é suave’.

O jugo do Senhor Jesus, irmão, chama-se cruz do dia de hoje. Isto mesmo, pois Jesus disse: “quem quiser ser meu discípulo, tome a sua cruz de cada dia e siga-me”. O peso-limite que somos capazes de carregar está contido no espaço de tempo ao qual chamamos de hoje. O que passa disso vai além das nossas forças, é sobrecarga, nos oprime e esgota.

Quando nos sobrecarregamos com as cruzes do passado, com as cruzes do dia de ontem, arrastando-as em nosso coração e nossa mente pelo ressentimento, pelas lembranças dolorosas, pela mágoa, somos oprimidos pelo peso excessivo destes sentimentos com os quais somos incapazes de conviver.

Quando nos sobrecarregamos com as cruzes do futuro, com as cruzes do dia de amanhã, antecipando as dificuldades através da ansiedade, do medo, da insegurança, somos vencidos pela impressão de que as soluções de que necessitamos ainda não estão em nossas mãos. Nesta hora pensamos que as soluções não existem, quando na realidade já estão sendo providenciadas por Deus.

Querido irmão, só por hoje, entregue seu passado e seu futuro ao Senhor. A cada dia basta o seu cuidado, e a sobrecarga das cruzes de ontem e de amanhã faz de nós pessoas aflitas e desgastadas. A cruz do Senhor Jesus tem dois braços, largos o bastante para alcançar e envolver o seu passado e o seu futuro, aquilo que feriu o seu coração e aquilo que o amedronta ao olhar para a frente. Tudo está nas Suas mãos chagadas e poderosas. ‘Pelas suas chagas fomos curados’ e nosso passado não pode mais embotar os sonhos de Deus preparados para nós.

Quanto ao futuro, ouça… É Ele mesmo que está à sua frente, convidando: ‘Vinde a Mim…’. Receba o descanso do Senhor, agora. Agradeça por saber que todas as escolhas do passado, mesmo aquelas mais erradas, já foram levadas aos cuidados da sabedoria de Deus e estão sendo tratadas e restauradas.

Agradeça por saber que seu dia de amanhã está sendo preparado pelas mãos do Senhor, e que nada de necessário faltará a você. ‘Bendito seja o teu nome, Senhor meu Deus, que hoje está ao meu lado, lutando as minhas batalhas e vencendo por mim’.

Amém.

Pe. Antônio José
www.nossasenhoradefatima.com

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.