Provação ou Tentação?

Partilho com você que fiquei surpresa e ao mesmo tempo feliz com o número de pessoas que me retornaram sobre esta matéria. Ela é fruto de pregações do Padre Jonas e do meu estudo pessoal da Palavra de Deus. É com alegria que a partilho novamente com você, pois quem de nós não é tentato e/ou provado?

“Ninguém, ao ser tentado, deve dizer: É Deus quem me tenta…” Tiago 1, 13

A tentação é de início sugestiva, suave, envolvente. Surge como uma pequena idéia, e acaba se tornando um grande plano. Vai “tomando corpo” dentro de nós a ponto de nos levar a fazer loucuras, não nos importando mais com o tempo, com o local ou com as pessoas. A tentação nos faz acomodados, preguiçosos com os nossos deveres, chega a anestesiar nosso raciocínio. A tentação tira a paz interior, a tranquilidade da consciência, nos isola das pessoas que nos quer o bem, nos leva sempre para as más companhias. Na tentação, nunca temos tempo para as coisas de Deus. A Missa é monótona, o grupo é longo, a oração é chata. A tentação faz mal à saúde do corpo e da alma.

“Considerai uma grande alegria, meus irmãos, quando tiverdes de passar por diversas provações…” Tiago 1, 2

A provação é diferente. É uma situação permitida por Deus. Faz parte da pedagogia de Deus. Pode ser externa ( afrontamentos, contestações, fofocas…), ou interna (concupiscências – más inclinações, paixões que dizem respeito ao corpo). A provação nos leva à constância, ao equilíbrio de nossa fé. Quando suportada com fé em Deus, ela nos provoca uma confiança e uma certeza da vitória tão grande que não se pode explicar. A provação nos dá têmpera, nos faz fortes, desbravadores, testemunhas.
A provação traz paz ao coração, pois é Deus quem cuida de nós. Jesus passou por grandes provações: sofreu a traição, injúrias, blasfêmias, difamação, fome, dor física, pobreza, solidão… Ele passou por elas usando a força do Espírito Santo. Por isso Ele é capaz de nos entender e de nos socorrer em todas as nossas dores, pois Ele as conhece.

“Se a alguém de vós falta a sabedoria, peça-a a Deus….” Tiago 1, 5

A sabedoria é necessária para tudo, até para saber a diferença entre a provação e a tentação. Saber onde está uma ou outra. Saber ouvir a Deus nas provações e clamar a Deus nas tentações. Se ocupar para não dar lugar às tentações do dia-a-dia. ‘Cabeça vazia, oficina do diabo’, já dizia um Santo. Use das provações do dia-a-dia como escada para chegar mais perto e profundamente de Deus.


Paulo Victor e Letícia Dias

Cirurgião-dentista de formação, Paulo Victor foi membro da Comunidade Canção Nova como apresentador, locutor e radialista. Atualmente, ele mora em Campo Grande (MS). É empresário e casado com Letícia Dias.

Letícia Dias é Gerente de Conteúdo e estudante de Letras/Libras com foco na Educação Especial. Foi membro da Comunidade Canção Nova como apresentadora de programas. Hoje, ela mantém uma agitada rotina familiar. Letícia tem um filho caçula que nasceu com Síndrome de Down, e isso a refaz todos os dias.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.