O Amor nunca muda

“Tudo pode mudar, mas o Amor nunca, nunca; ele é sempre o mesmo” (D. 947)

Santa Faustina escreveu estas palavras que contêm uma profunda verdade.

Tudo na nossa vida pode mudar: as pessoas, as situações, as realidades que vivemos, o tempo, até mesmo a natureza, o clima, mas o Amor nunca, nunca muda. Pois o amor tem um nome, é para nós uma Pessoa, não apenas uma imaginação: DEUS É AMOR – nos diz São João.

Por isso, com uma pequena adaptação podemos ver que este texto fica assim:
“Tudo pode mudar, mas o Amor por nós nunca, nunca, nunca pode mudar, pois o Amor de Deus é sempre o mesmo.”

Portanto, mesmo que você viva no pecado, mesmo que você tenha se esquecido de Deus, e de alguma forma deixado de amá-lo e desinteressou-se não somente dele, mas de tudo aquilo que lhe diz respeito – Santa Missa, vida de oração, etc… –, Deus não se desinteressa de você, não deixa de estar atento às suas necessidades, ao que passa na sua vida e no seu coração. Deus é sempre o mesmo, e para Ele, mesmo que você não o reconheça mais como Pai, mesmo que você o tenha renegado como filho, Deus não te renegou jamais. Ele é sempre o mesmo.

Creia nisso. Deus sempre te amou, sempre te amará. Claro, amar não quer dizer que ele concorde com o pecado em que você viva, ou com o tipo de vida que você leva. Não.

Deus ama a você como filho, mas como ele é perfeito e nele não há trevas, Ele não admite que vivamos uma vida de pecados. Ele faz aquilo que Santo Agostinho: “Devemos distinguir entre o pecado e o pecador. O pecador deve ser amado, o pecado deve ser rejeitado.”

É isto: Deus ama a você pecador, mas o pecado ele não pode aceitar. Por isto deixou a Santa Confissão como o remédio para os nossos pecados. E até mesmo o fato de nos dar sempre mais um dia de vida, ele está com esta atitude nos querendo dizer: “eu te dou mais um dia de vida, para que você saiba que eu amo você, é para que você aproveite esta oportunidade e deixe a vida de pecado e abrace a vida da graça.”

Então, digo a você: se o amor de Deus por você não muda nunca, por que não aproveitar as oportunidades que Ele te dá para dele se aproximar?…

Pense nisso.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.